Eduardo Bandeira de Mello é o novo presidente do Flamengo

Publicado em terça-feira, dezembro 4, 2012 ·

Eduardo Bandeira comemora a eleição Foto: Cezar Loureiro

O Flamengo terá um novo presidente no triênio 2013-2014-2015. O candidato da Chapa Azul, Eduardo Bandeira de Mello foi eleito com 1.414 votos. A agora ex-presidente Patricia Amorim, que tentava a reeleição, ficou em segundo com 914 votos e Jorge Rodrigues ficou em terceiro.

Bandeira de Mello é sócio propietário do Flamengo desde 1978 e ex-chefe do Departamento do Meio Ambiente do BNDES, Aos 59 anos, se tornou candidato com a impugnação do candidato Walin Vasconcellos.

A presidente Patricia Amorim admitiu a derrota e desabafou com elegância:

– Eu estou tranquila. Eu não sabia o tamanho do adversário. Mas fico orgulhosa, não joguei toalha, não me acovardei. Faltava o sócio escolher o que ele queria. A voz do povo é a voz de Deus. Tem que reconhecer e agradecer a quem veio. O pleito ocorreu sem demonstração de desconforto, e eu passei isso, passo serenidade, harmonia, alguma coisa boa. Correu tudo bem, batemos recorde de presença. A tendência era ser algo mais tenso. Feliz de ser a mulher que todos os homens se juntaram pra vencer. Poderia ganhar e o torcedor externamente não aprovar. Tem vezes que você perde ganhando, o legado fica, que continue e melhore, é da vida. Não gostaria de não ter concorrido. A mensagem é que você tem que lutar. Em algumas situações houve excesso, a tolerância foi nenhuma, talvez por ser mulher, mas sou corajosa, na minha chapa não tinha ex-presidente. Mostra a força de uma mulher guerreira, que individualmente tem votação expressiva, que foi conquistada – disse Patricia Amorim, que completou sua despedida falando da desavença com Zico:

– Ouvi do Zico que estava superando. Eu também amo o Zico (começa a chorar). Ele falou que eu conduzi bem o processo, e ganhamos todos. O Vanderlei realmente é campeão, foi o meu técnico, na falta do meu técnico, ele foi meu orientador, gostei dele ter vindo. Fiz amigos. Recebi mensagem do Deivid. Fiz amigos. Eu adorei, sofri, já dizia Roberto Carlos, o importante é que emoções eu vivi. Com defeitos, mas honra, suor, trabalho. A vida é isso. Foi muito bom. Agora vou cuidar dos meus filhos – despediu-se

Um pouco antes, Jorge Rodrigues, que ficou em terceiro, já admitira a derrota. Para ele, o fato de ser pouco conhecido fora do clube foi fundamental para sua derrota.

– Eu entrei na campanha tem 2 meses. Então eu realmente fiquei um pouco atrás, sempre ajudei o Flamengo, mas sou mais conhecido dentro do clube do que fora, então tive que fazer um trabalho de reconhecimento. E tinha gente trabahando desde o inico do ano então eu sai atras. Eu me candidatei por uma questão moral.

Extra

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627