Dr. Camilo – Histórias da nossa terra (IV)

Publicado em sábado, Março 5, 2011 ·

Histórias da nossa terra (IV)

Solânea, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Curimataú Oriental. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2007 sua população era estimada em 27.346 habitantes.

Pontos Turísticos

Calendário Turístico

História

A fundação, propriamente dita, é atribuída aos habitantes que povoaram a região, por volta dos anos de 1750-1800. Segundo a história oficial, um dos descendentes dos colonizadores da família Soares Cardoso Moreno, vindo do Ceará, fixou moradia, nas terras planas, com fazenda de gado e engenho.

Com o crescimento da região, alguns pioneiros – tais como Leôncio Costa, Alfredo Pessoa de Lima, e tantos outros – empreenderam esforços no sentido de transformar o pequeno povoado em Distrito de Paz. Isto só veio ocorrer no dia 4 de dezembro de 1926. Assegurado pela Lei nº 637, o pequeno aglomerado passou a ser chamado de Moreno, nome dado em homenagem ao seu fundador.
A partir de 1927, Moreno viveu intensos dias de vida social e cultural, começando a se projetar no cenário comunal. Em 15 de novembro de 1938, sob o Decreto-lei nº 1.164, Moreno eleva-se à categoria de Vila.

A antiga Vila de Moreno, alcançou sua independência e emancipação política, administrativa e social, graças a uma forte reivindicação dos homens de grande visão da época. O projeto de lei encaminhado à Assembléia Legislativa da Paraíba, foi de autoria do então deputado estadual Dr. Humberto Coutinho de Lucena. A Lei nº 967 que criou o município de Solânea, datada de 26 de novembro de 1953, foi sancionada pelo então governador do Estado, Dr. João Fernandes de Lima, concedendo fórum à cidade e, conseqüentemente, criando o município e comarca de Solânea. Em homenagem a esta data, construiu-se a principal praça da cidade, em frente à Igreja -matriz de Santo Antônio, padroeiro do município. O município foi instalado em 30 de dezembro de 1953.
Desde 2003 a cidade realiza umas das maiores festas juninas do estado da Paraíba e do Brasil com uma media de 40.000 pessoas nos últimos dias e em media de 2.000 nos demais que acontece de 12 à 24de junho.

Geografia

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[6]. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

De acordo com pesquisa realizada pelo Professor de Geografia e Especialista em Ciências Ambientais Lucenildo Vasconcelos Araújo O município de Solânea está inserido na unidade geoambiental do Planalto da Borborema, formada por maciços e outeiros altos, com altitude variando entre 650 a 1.000 metros. Ocupa uma área de arco que se estende do sul de Alagoas até o Rio Grande do Norte. O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Com respeito à fertilidade dos solos é bastante variada, com certa predominância de média para alta (BRASIL-MME, 2005).
Localização Geográfica

O município de Solânea está localizado na Mesorregião do Agreste Paraibano e na Microrregião do Curimataú Oriental do Estado da Paraíba. Limita-se com os municípios de Casserengue (9km), Dona Inês (16km), Remígio (26 km), Arara (14 km), Barra de Santa Rosa (44km), Borborema (7,5km), Bananeiras (3 km) e Cacimba de Dentro (20km). Sua distância até a capital é de 138,4 km. Sua área é de 266 km² representando 0.4712% do Estado, 0.0171% da Região Nordeste e 0.0031% de todo o território brasileiro (BRASIL-MME, 2005). A sede do município tem uma altitude aproximada de 626 metros. O acesso é feito, a partir de João Pessoa, pelas rodovias BR 230/BR 041/PB 105 (Ibid., 2005).
Hidrografia e Clima
O clima é do tipo Tropical Chuvoso, com verão seco. A estação chuvosa se inicia em janeiro/fevereiro com término em setembro, podendo se adiantar até outubro. A temperatura média anual desse município situa-se em torno de 25°C. O município é recortado por rios perenes, porém de pequena vazão e o potencial de água subterrânea é baixo. O município de Solânea encontra-se inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Curimataú. Seus principais tributários são: o Rio Curimataú e os riachos: Capivara, Sombrio, Salgado, Bonsucesso e da Arara ou Jacaré. Os principais corpos de acumulação são os açudes Poço do Sítio e Cacimba da Várzea. Todos os cursos d’ água têm regime de escoamento Intermitente e o padrão de drenagem é o dendrítico (BRASIL-MME, 2005).

Vegetação e Solo

A vegetação desta unidade é formada por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica, próprias das áreas agrestes. Nas superfícies suaves onduladas a onduladas, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média e ainda os Podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural média a alta. Nas Elevacões ocorrem os solos Litólicos, rasos, textura argilosa e fertilidade natural média. Nos Vales dos rios e riachos, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, imperfeitamente drenados, textura média/argilosa, moderadamente ácidos, fertilidade natural alta e problemas de sais. Ocorrem ainda Afloramentos de rochas (SUDEMA, 2005).
Educação
A cidade apesar de ser uma das mais importantes do estado, ainda não possui nenhuma instituição de ensino superior. A cidade possui hoje quatro escolas estaduais(EEEF CELS0 CIRNE,EEEF PADRE GERALDO PINTO,EEEM ARLINDO RAMALHO,EEEFM DOUTOR ALFREDO PESSOA DE LIMA, além de outras escolas municipais existentes na cidade.

Administração

Prefeitos da cidade:

Esportes
O Vila Branca Sport Club era o time de futebol oficial da cidade, hoje extinto, já foi campeão Paraibano da 2º divisão em 1993. Também conta com uma equipe de Jiu-Jitsu chamada Nova Integração(NI),que tem conquistado espaço com suas vitórias em campeonatos da região, conquistando respeito no nordeste.

Comunicação

Estádios

Estádio Tancredo de Carvalho “O Tancredão”

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. ↑ IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. ↑ Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Camilo – ADVOGADO DAS CAUSAS POPULARES

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627