Documentário sobre aboio começa a ser gravado em São José dos Ramos

Publicado em quarta-feira, Janeiro 25, 2012 ·

aboioA cultura do aboio é tema do documentário que está sendo produzido por 20 jovens capacitados através do projeto de audiovisual Janela do Mundo, aprovado pelo Programa BNB de Cultura 2011, em parceria com o BNDES. As gravações do curtametragem estão acontecendo esta semana em São José dos Ramos (PB), conhecida como cidade do aboio e do vaqueiro.

Os jovens moradores do município participaram do curso de audiovisual, que foi realizado durante seis meses e que tem como conclusão a realização do documentário. As primeiras gravações do curtametragem sobre vaqueiros e aboiadores começaram no último domingo (22/01) e seguem até esta sexta-feira (27/01) na Fazenda Pirapanema, em São José dos Ramos, que fica a 82 km de João Pessoa, na mesorregião Zona da Mata paraibana.

“A história e os sentimentos dos vaqueiros serão eternizados nesse documentário”, disse o produtor Dudé Rodrigues, que compõe a equipe ao lado de Marcelo Quixaba, orientador, e Edglês Gonçalves da Silva, coordenador no município.

Para Adriano Roberto, um dos participantes e que executa a função de diretor do documentário, o projeto conseguiu mostrar a linguagem do cinema em seus cinco módulos. “Tem sido uma experiência ímpar, com aprendizagem satisfatória. Eu sempre tive vontade de participar de audiovisual, mas faltava oportunidade, e esse projeto foi uma janela, uma janela para o mundo”, observou.

Além de produzir uma obra audiovisual documental de curtametragem concebida a partir de ações que promovam a cidadania e a cultura dos moradores de São José dos Ramos, o projeto tem como objetivos manter viva a memória para o resgate da autoestima da comunidade, estimular uma visão crítica da linguagem do audiovisual nos moradores e difundir a potencialidade econômica da região, tendo o turismo como foco para o desenvolvimento sustentável.

Aboio – Durante a primeira metade do século XX, Itabaiana, no agreste paraibano, foi um dos maiores entrepostos de comércio de gado no Nordeste. A cultura em torno da criação bovina marcou a zona rural do município, inclusive o distrito de São José, que somente no final do século foi elevado à condição de cidade. São José dos Ramos tornou-se conhecida como a terra dos aboios, por ser comum os vaqueiros do lugar tangerem a boiada para os pastos ou para o comércio em Pernambuco ao som da melancólica poesia de canto original.

Ainda hoje a cultura do aboio é disseminada e reproduzida de geração em geração. Segundo Dudé Rodrigues, o projeto Janela do Mundo vem agora aliar a tradição dos aboios à contemporaneidade do audiovisual. “A ideia é difundir essa prática entre os jovens do município como forma de elevar a autoestima, preservar valores culturais relevantes que marcam uma identidade, além de servir como uma janela para ampliação de uma visão de mundo”.

O documentário será lançado em março, na festa do padroeiro do município. O projeto Janela do Mundo tem o patrocínio do Programa BNB de Cultura, em parceria com o BNDES, e apoio da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Prefeitura Municipal de São José dos Ramos.

Denise Vilar para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627