Do que brincar em cada etapa do desenvolvimento infantil?

Publicado em quarta-feira, setembro 30, 2015 ·

crianças-Nos primeiros meses de vida, gestos simples já dizem muito para a criança e são formas de brincar com ela, como o toque nos seus pezinhos e o aperto, com carinho, dos dedos das mãos.

No entanto, o segredo de tudo, segundo Mauro Luís Vieira, criador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Desenvolvimento Infantil (NEPeDI), da Universidade Federal de Santa Catarina, “não é o conteúdo da fala que tem relevância, mas os atos que partem dos pais e que dão importância ao bebê e reafirmam que ele faz parte do ambiente. Isso é essencial”.

Veja algumas dicas de brincadeiras para cada fase do desenvolvimento da criança.

0 a 4 meses

Hora de aguçar os sentidos: fazer carinho, massagem, segurar o bebê e dançar juntinhos, cantar, fazendo vozes diferentes, acrescentando o nome do bebê na música. Como até os três ou quatro meses de vida a visão do bebê é embaçada, o contato com objetos e pessoas deve acontecer, no máximo, à distância de um palmo de mão. No primeiro mês de vida, a criança consegue dirigir os olhos para o objeto que chama sua atenção.

Aos dois meses, ela segue um objeto na horizontal e, aos três meses, na vertical. Para distâncias maiores, estimule a criança com sons (bater palmas, balançar chocalhos etc.). Outra brincadeira que os bebês adoram é balançar uma fralda ou um lenço macio na frente deles, roçando a cabeça.

4 a 8 meses

Nessa fase, quando estimulado, o bebê fica excitado e com a respiração acelerada. Ele vai adorar caretas, olhar objetos que somem e aparecem de repente. Vale lembrar que até os três meses, os movimentos da criança são involuntários. Depois dos quatro meses isso muda. É importante, então, estimulá-lo a pegar objetos, que podem ter texturas diferentes e agradáveis, produzam sons.

Os bebês também gostam de fantoches e você pode brincar com eles, contando histórias. Com pouco mais de quatro meses, a criança já consegue focalizar melhor objetos distantes e levá-los à boca. Escolha objetos grandes, que não possam ser engolidos, macios, laváveis e que não soltem pedaços.

Entre seis e oito meses, a maioria dos bebês já senta sozinha. Cantar, bater palmas e movimentar o corpo para eles é uma diversão. Outra brincadeira é jogar uma bola pequena, leve, de plástico ou tecido, na direção do bebê. Aos poucos, ele vai aprender a jogar de volta. Nessa fase, já é possível das aos bebês objetos maiores para que os manuseiem, como blocos para que possam batê-los um contra o outro e segurá-los um em cada mão. Continuamente, o pequeno se dará conta de que, se deixar cair um deles no chão, poderá transferir de uma mão para a outra o que restou.

Outra dica é deixar brinquedos cada vez mais afastados da criança para estimulá-la a ir em direção a eles engatinhando. Comemore quando ele conseguir.

8 a 12 meses

É importante estimular o desenvolvimento motor (ficar de pé, empurrar e tentar subir). Entre nove de doze meses a criança começa a dar os primeiros passos. É também a fase em que ela começa a fazer vinculação entre as coisas.

Brincadeiras como empilhar blocos, encaixar peças simples, explorar uma caixa de sapato, mexer com potes com água, para esvaziá-los até que alguém os encha novamente. Ela também adora imitar os sons que os animais fazem.

12 a 18 meses

Os bebês já conseguem folhear livros de tecido e usar papel e giz de cera atóxico. Vale estimulá-los a rabiscar para que trabalhem a coordenação motora. Peças de encaixe mais complexo e blocos de montar também agradam crianças nessa faixa etária, assim como explorar objetos do dia a dia.

18 a 24 meses

É a fase do mundo da fantasia, quando a criança começa a representar conceitos nela e no outro e a brincar simbolicamente, levando a boneca para passear, fazendo-a dormir, por exemplo. Também adoram brincar com bola, por isso vale estimulá-los a chutar ao gol, para que aperfeiçoem a coordenação motora.

Outras atividades que adoram nessa fase, e que são importantes ao seu desenvolvimento: explorar cores e tamanhos dos objetos, brincar com instrumentos musicais, brincar ao ar livre, como em caixas de areia ou mesmo com brinquedos infláveis, puxar e empurrar objetos

EBC

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627