Dirigente do Fla: ‘Felipão subiu a arquibancada e falou como torcedor’

Publicado em terça-feira, junho 21, 2011 ·

felipãoO vice de finanças do Flamengo, Michel Levy, respondeu ao técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari. Neste domingo, após a vitória alviverde sobre o Avaí por 5 a 0, Felipão ironizou o desejo do Rubro-Negro de contratar o atacante Kleber, principal jogador do clube paulista. Falando em problemas financeiros dos cariocas, ele descartou qualquer possibilidade de perder seu capitão para outra equipe brasileira e aconselhou que os dirigentes do Fla vendessem a sede para conseguir dinheiro para ter o jogador.

– Não tem 1, 2 ou 50 milhões que tirem o Kleber daqui. Ele é o melhor atacante do Brasil. O Flamengo não tem dinheiro para contratar, vão contratar o melhor atacante do Brasil como? Então que vendam a Gávea e venham comprar. Aliás, mesmo assim, não venderíamos. Para nós e 15 milhões de torcedores, ele vale muito mais do que isso – disparou o treinador.

Nesta segunda-feira, Michel Levy condenou a atitude de Felipão e o comparou a um torcedor por se deixar deixar levar pela paixão.

– O Felipão está há muito tempo fora do Brasil e não deve saber quanto vale a Gávea. Achei que ele foi deselegante. O Felipão subiu a arquibancada e falou como torcedor. Eu não diria algo parecido. Até porque amanhã ele pode servir o clube, como já esteve perto de acontecer (em junho de 2010, durante a Copa do Mundo da África do Sul). Entendo que ele é intempestivo, bota o coração na frente da razão. Eu não sou corretor, mas nós sabemos que o mercado imobiliário do Rio de Janeiro está numa valorização tremenda. É só você pegar um prédio naquela área do Leblon (na Zona Sul) e multiplicar pela área da Gávea.

O Flamengo não pode vender o espaço por se tratar de uma cessão da União destinada exclusivamente a fins esportivos. O GLOBOESPORTE.COM apurou com um especialista do ramo imobiliário que o terreno vale pelo menos R$ 300 milhões, pois fica localizado na Lagoa Rodrigo de Freitas, considerada uma região nobre. Como não há mais áreas assim na Zona Sul, o clube conseguiria este valor sem dificuldades.

–  É um valor inestimável, são 70 mil metros quadrados na zona mais valorizada da cidade. Não dá para precisar um valor fixo – explicou o vice de patrimônio Alexandre Wrobel.

No último sábado, os cariocas enviaram uma proposta de R$ 7 milhões pelos 50% dos direitos econômicos de Kleber que pertencem ao Palmeiras. O Verdão já avisou que não vai abrir negociação e tem esse poder de veto. O clube só fica de mãos atadas se o Flamengo apresentar uma proposta por 100% dos direitos, o que envolve o Cruzeiro na trama – dono dos outros 50%. Caso o Flamengo pague a multa rescisória de R$ 14 milhões, a decisão passa a ser do Gladiador. Desta forma, se vendesse a Gávea por R$ 300 milhões, o Flamengo compraria pelo menos 21 Kleberes.

Contas à parte, Michel Levy diz que em nenhum momento o Flamengo teve um comportamento antiético.

– O Flamengo foi ético com o Palmeiras, postou uma proposta direto ao presidente (Arnaldo Tirone). O Felipão, um técnico campeão do mundo, tem que ter tranquilidade para aceitar o mundo dos negócios. Só isso.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627