Direitos Humanos afirma que Paraíba vive situação crítica e bandidos estão ‘incrustados’ no Estado

Publicado em quinta-feira, outubro 3, 2013 ·

alexandre-guedesO presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Alexandre Guedes, afirmou nessa quarta-feira (02), repercutindo a crise deflagrada por Luiz Couto (PT) envolvendo o secretário de Administração Penitenciária,Walber Virgolino, que a Paraíba vive situação crítica na Segurança e que o crime organizado está ‘incrustado’ no Estado. “Eu alerto que nós estamos num momento de grande crise institucional”, disse Guedes. A declaração foi dada durante entrevista ao Programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan.

“Infelizmente, existe uma queda de braço entre uma parte boa da Polícia e a parte ruim. Na Paraíba hoje, no governo de sua excelência Ricardo Coutinho, nós estamos perdendo essa queda de braço com o crime organizado. Eles estão incrustados dentro do Estado, estão em postos de comando”, revelou Guedes.

Questionado se a afirmação não era muito precipitada e se haviam provas que comprovariam o que afirmava, o presidente foi taxativo: “Existem muitas provas, elas estão sendo apuradas. Ninguém pode divulgar ainda porque está em fase de investigação. Já está na Câmara Federal e existem muitos documentos que apontam isso. Existe muito é medo”, pontuou.

Na ótica de Guedes, o governador Ricardo Coutinho (PSB) descuidou da área de Segurança Pública. Apesar de tecer elogios ao secretário Cláudio Lima e considerá-lo um homem com uma longa trajetória a frente da Polícia e bem conceituada no país todo, o presidente aponta que Lima não está tendo o apoio necessário para fazer seu trabalho.

“Ele não está tendo o apoio devido para exercer as suas atividades, é tanto que a Secretária hoje a gente nota que o secretário está cada vez mais fragilizado… pelo crime organizado, fragilizado por boicotes, por uma situação crescente… O governador não cuida bem dessa área, apesar de ter colocado uma pessoa com todas as condições, mas falta o instrumento necessário. E um dos instrumentos necessários é punir a parte podre da polícia”, defendeu.

Paulo Dantas

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627