Dia Mundial do Teatro será comemorado com vários espetáculos em CG

Publicado em quinta-feira, março 21, 2013 ·

 

teatro-abrao-as-cortinasNa próxima segunda-feira, dia 25, Governo do Estado/Fundação Espaço Cultural, Prefeitura Municipal de Campina – Secretaria de Cultura/Teatro Municipal Severino Cabral, Serviço Social do Comércio (SESC) e Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se unem para uma semana de grandes eventos em comemoração ao Dia Internacional do Teatro, celebrado em 27 de março.

Na segunda-feira, dia 25, a programação tem início às 10h com o espetáculo “Zé Lins – O Pássaro Poeta” no Teatro Municipal Severino Cabral. O espetáculo será apresentado também às 16h. Às 20h o público pode conferir “A Última Estação” no Cine Teatro do Sesc Centro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No dia 26, também há opções nos três turnos. Às 09h e 15h tem “Rochel e os Rubis Desaparecidos” no Teatro Municipal Severino Cabral, e às 20h será apresentado no Cine Teatro do Sesc Centro o espetáculo “O Deus da Fortuna”.

Já no dia 27, data em que se comemora o Dia Internacional do Teatro, dia de festa e cultura quem ganha é o público. Às 21h, estará em cena o espetáculo “Efemérico” e às 23h o “Boca de Rua”, ambos no Teatro Municipal Severino Cabral.

Dia 28, encerrando a programação será encenado o espetáculo “aH-Mar”, às 20h, no  Cine Teatro do Sesc Centro.

Mesa Redonda

Na programação festiva haverá uma mesa redonda sobre “Os Desafios e Perspectivas do Movimento Teatral Campinense”, com a participação de Álvaro Fernandes, Aluízio Guimarães e Saulo Pereira. A mediação ficará por conta das instituições realizadoras do evento. A mesa redonda será dia 27, às 17h, no Mini Teatro Paulo Pontes.

Inauguração

Apartir do dia 27 começa a funcionar no Severino Cabral uma biblioteca com cerca de mil volumes, com obras sobre Teatro, Dança, Música, Literatura, entre outras. No espaço também ficará disponível ao público um computador com acesso a internet para pesquisa na área artístico cultural. A inauguração da Biblioteca do Teatro Municipal Severino Cabral será às 19h.

Oficinas

O dia 25 será dedicado a oficinas para estudantes das escolas públicas municipais. Às 9h haverá a Oficina de Cantigas Populares, tendo como ministrante a atriz e arte-educadora Naná Vianna.

Às 14h será ministrada uma oficina de Produção de Textos tendo como ministrante a também atriz e arte-educadora Itamira Barbosa. Neste mesmo horário também será ministrada a oficina de Leitura Comentada “O menino que virou escritor” e será ministrada pelo ator e arte-educador David Muniz.

Todas as oficinas acontecerão no Teatro Municipal Severino Cabral.

Dia Mundial do Teatro

 

O Instituto Internacional do Teatro inaugurou em Paris, no dia 27 de março de 1961, o Teatro das Nações; marcando o 27 de março como a data que se comemora o Dia Mundial do Teatro.

O primeiro gênero que apareceu foi o trágico, que retratava o sofrimento do homem, as lutas, os interesses da nobreza, tudo numa linguagem bem diferente e rica. O gênero cômico surgiu para satirizar as falsidades, as mesquinharias e os excessos da nobreza.

CONTATOS:

Aluízio Guimarães – diretor TMSC: 9101.1261 – 8819.2361

Álvaro Fernandes – coordenador Cultura Sesc Centro: 9996.0255 – 3341.5800

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DO TEATRO

 

PROGRAMAÇÃO

 

DIA 25

 

10h e 16h

Espetáculo “Zé Lins – O Pássaro Poeta”

Texto e Direção: Valeska Picado

Baseado na obra “O menino que virou escritor”, de Ana Maria Machado

Companhia Engenho Imaginário

Procedência: João Pessoa – PB

Local: Teatro Municipal Severino Cabral

Sinopse

O grupo de Teatro ENGENHO IMAGINÁRIO apresenta “ZÉ LINS – O PÁSSARO POETA”, espetáculo teatral infanto-juvenil, baseado na obra de ANA MARIA MACHADO (‘O menino que virou escritor’), Texto e Direção de Valeska Picado.

Com muito humor, música e emoção, o grupo conta a história da vida do grande escritor regionalista brasileiro: JOSÉ LINS DO REGO.

Em cena, os atores e arte educadores David Muniz e Naná Vianna cantam e contam a história, com ajuda de bonecos manipulados por Valeska Picado, coreografia de Itamira Barbosa e trilha sonora do maestro Carlos Anísio.

 

20h

Espetáculo “A Última Estação” –

Direção, Cenário e Figurinos: Chico Oliveira

Texto: Álvaro Fernandes

Cia do Rosário e Grupo Renascer

Procedência: Campina Grande-PB

Local:Cine Teatro do Sesc

Sinopse

O espetáculo tem início com o personagem Tairon chegando a uma estação de trem a fim de pegar sua condução para chegar em casa.  Na estação, Tairon encontra Renan, um sujeito que não lhe dá muita atenção e que a todo o momento realiza trabalhos de limpeza no ambiente. Posteriormente, aparece Lanif, um homem ressentido que teve a família assassinada. Tairon, a cada minuto que passa, vai ficando mais aflito com o trem que não chega.

Elenco: Júlio César Rolim (Tairon), Luciano Edgley (Renan), Napoleão Gutemberg (Lanif), Claudivan Barbosa (Lucius), Chico Oliveira (Alan).

Ficha Técnica: Preparação de elenco/sonoplastia: Regina Albuquerque

Iluminação (concepção): Napoleão Gutemberg, Maquiagem/Execução de luz: Renato Barros, Fotografias: Clarissa Santos e Mayara Silveira.

 

DIA 26

 

09h e 15h

Espetáculo infantil “Rochel e os Rubis Desaparecidos”

Texto: Álvaro Fernandes

Direção: Nelson Alexandre

O Grupo Teatral Arretado Produções Artísticas

Procedência: João Pessoa – PB

Local: Teatro Municipal Severino Cabral

Sinopse

Bárbara Lua e Beatriz Céu e Rei Urano farão de tudo para encontrar os rubis desaparecidos e trazê-los de volta para o Templo dos Segredos. A força energética, contida em cada pedra, protege o universo dos moradores este imenso planeta, sem eles as chamas da SABEDORIA, DO CONHECIMENTO E DA VERDADE, nossa humanidade ficará cega, sem rumo, pois a sabedoria leva o conhecimento e o conhecimento à verdade.

Elenco:Luciana Oliveira, Katheryne Menezes, Marcio Bacellar, Miguel Santos e Sérgio Nazza;

Ficha Técnica: Maquiagem e Coreografia de Sérgio Nazza; Figurinos Confeccionados Maria José Rodrigues e Luiza Carla; Adereços Criados e Confeccionados por Geostenys Melo e Nelson Alexandre; Cenários confeccionados por Edson Silva e Graça Enéas; Criação de Trilha de Bento Junho (Vox Áudio Studio), com execução de Diego Gomes; Fotos de Altair Castro.

 

20h

Espetáculo “O Deus da Fortuna”

Texto: Marcio Marciano – Criado em processo colaborativo com os atores do Gupo

Direção: Márcio Marciano

Coletivo de Teatro Alfenim

Procedência: João Pessoa – PB

Local: Cine Teatro do Sesc

Sinopse

Narra à história de um proprietário de terras na longínqua China Imperial. Afundado em dívidas em virtude da crise da produção do arroz e da seda, o Senhor Wang, manda erguer um altar em honra de Zao Gong Ming, o Deus da Fortuna, com a intenção de se salvar da falência. Porém as oferendas são inúteis e o proprietário vê-se obrigado a vender a própria filha a seu credor, como forma de amortização da dívida.

Elenco: Adriano Cabral, Cecília Retamoza, Daniel Araújo, Lara Torrezan, Mayra Ferreira,Nuriey Castro, Paula Coelho, Verônica Sousa e Vitor Blam.

Ficha Técnica: Composições musicais: Cecília Retamoza, Mãrcio Marciano, Paula Coelho, Vitor Blam e Wilame. Músicos: Mayra Ferreira e Nuriey Castro. Figurino e direção de arte: Vilmara Georgina. Dramaturgia e encenação: Márcio Marciano. Fotografia: Guilherme Honorato. Cenário: Márcio Marciano. Iluminação: Ronaldo Costa

 

DIA 27

 

21h

Espetáculo “Efemérico”

Texto e Direção: Eliézer Rolim

Cia Siríus de Teatro

Procedência: João Pessoa –PB

Local: Teatro Municipal Severino Cabral

Sinopse

Jorge Nathan foi ator na sua juventude e um dia andando pelo centro da cidade de João Pessoa entra no Teatro Santa Roza escapando de uma forte chuva. Ao entrar encontra dois funcionários que o avisam que o teatro está fechado para reforma. Nathan consegue convencê-los a visitar e se perde entre as cochias, entrando em outra dimensão onde o sonho, a vida e a morte se encontram num mesmo palco com fantasmas, marionetes  e lembranças,  compondo  um tempo distante e histórico do ano de 1900, quando o mágico Jau Balabrega e seu assistente Lui Bartelle tiveram seus corpos estraçalhados por uma explosão no palco do Santa Roza.

Elenco: Edson Sousa, Érica Maria, Celsa Monteiro, Crizelide Barros, Dadá Venceslau, Guido Alexandre, Natalia Sá e Walmar Pessoa.

Ficha Técnica:  Diretor Musical – Carlos Anísio, Preparação vocal – Fátima França, Figurinos – Mauricio Germano, Confecção de Figurinos- Maria José e Wildenir Albuquerque, Confecção da marionete – Mestre Florismar, Adereços- Dadá Venceslau, Sonoplastia – Tiago Henriques

Contra Regragem – Ednaldo Silva, Arte Gráfica e Fotografia – Minna Miná, Iluminação e Cenografia- Eliézer Rolim.

 

23h

Espetáculo “Boca da Rua”

Texto: Emilson Formiga

Direção: Antônio Nunes

Cia Fátima Ribeiro

Procedência: Campina Grande – PB

Local: Teatro Municipal Severino Cabral

Sinopse

O espetáculo “Boca da Rua  relata a história de uma professora chamada Anália de comportamento pacato, responsável,  que se viu vítima da vizinhança por descobrirem sua aventura com um enteado. Daí pra frente, teve uma mudança comportamental, onde, para se vingar, passava toda a noite acordada vigiando tudo que  acontecia na rua para no outro dia espalhar por toda vizinhança. Zefa que era a única pessoa de sua confiança, tornou-se para Anália sua principal vitima.

Elenco: Fátima Ribeiro

Ficha Técnica: Operadora de som, Fabiene Donato, Operador de luz, Jorge Luiz

 

DIA 28

 

20h

Espetáculo “aH-Mar”

Direção: Duílio Cunha

Dramaturgismo: Diógenes Maciel

A Cia. do Rosário e o PINEL – Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral

Procedência: Campina Grande – PB

Local: Cine Teatro do Sesc

Sinopse

Em aH-Mar temos o embate entre dois universos distintos, dois pontos de vista para um mesmo ato, duas formas de amar tendo o mar como intermédio e principal testemunha dos muitos planos que cercam essa narrativa cênica. O amor ao Estado e o amor à família. O Coletivo e o Indivíduo. Homem e Mulher. A rainha que espera pela volta do marido vitorioso de guerra, na tentativa de vingar a perda da filha sacrificada. aH-Mar, faz uma leitura da Tragédia Grega Agamêmnon, de Ésquilo.
Elenco: Chico Oliveira – Interpretando Agamêmnon, Ivan D’Paula – Interpretando Egisto, Amante de Clitemnestra e Arauto, Sandra Belê – Interpretando Cassandra, Tânia – Interpretando Clitemnestra.

Ficha Técnica: Trilha Musical:  Erivan Araújo. Iluminação: Napoleão Gutemberg, Fotos: Arôdo Filho.

 

 

Assessora de Imprensa do Teatro Municipal Severino Cabral

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627