Dia Mundial chama atenção para a necessidade de prevenção do suicídio

Publicado em domingo, setembro 11, 2011 ·

suicidio-20ursinho-smallEm média, quase três mil pessoas põem fim a sua vida a cada dia no mundo. O dado é da Organização Mundial de Saúde (OMS) e demonstra um relevante problema de saúde pública, o qual figura na lista das principais causas de morte trágica. O 10 de setembro (sábado), Dia Mundial para a Prevenção do Suicídio, alerta os governos e a sociedade para a necessidade de reforço nas medidas de prevenção, como terapias adequadas e medidas de atenção para quem tentou se suicidar. Diante de um quadro de situação no qual se morrem quase um milhão de pessoas ao ano, a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (Aips), organização não governamental vinculada à OMS, destaca a importância de que os governos elaborem marcos normativos com definição de estratégias de prevenção. Para a Aips, “as declarações políticas e os resultados da investigação devem ser traduzidos em programas de prevenção e atividades comunitárias”.
Alta autoestima, boas relações sociais, relação estável de casal e crenças religiosas ou espirituais são elementos de proteção contra o suicídio. A identificação primária e o tratamento das pessoas com transtornos de estado de ânimo podem diminuir a incidência de suicídio em grupo de risco. Também, intervenções com foco na conexão social e o fácil acesso para a ajuda produzem resultados importantes, assim como o apoio de amigos e de familiares.
Entre as medidas de ajuda, estão as linhas de apoio benévolo e programas de verificação telefônica das pessoas de idade. Acrescenta-se a estes, as intervenções psicossociais, centros de prevenção e a prevenção escolar. Para a Associação para a Prevenção do Suicídio, todas estas “são estratégias prometedoras”.
A OMS espera contar com a cooperação de especialistas em todo o mundo, e para isso elaborou diretrizes para diferentes públicos, convocando-os a ter um papel fundamental na prevenção. Profissionais sanitários, pessoal docente, empregados de prisões e de meios de comunicação são alguns dos indicados. Em relação com a divulgação de suicídios, se orienta a tratar a questão com sensibilidade e evitar divulgá-los.

Atividades no Dia para a Prevenção do Suicídio
No Chile, a Fundação Vínculos realiza um ato “com o objetivo de honrar a seus mortos, receber consolo, buscar ajuda e dar um novo sentido a suas vidas ajudando com sua presença a prevenir que novas famílias vivam esta tragédia no futuro”, de acordo com o site da Fundação. A atividade será realizada na sede da instituição, na capital Santiago, às 10h.
O Centro de Valorização da Vida (CVV), no Brasil, realizará na cidade de São Paulo, uma série de conferências com informações fundamentais para a prevenção do suicídio. As atividades acontecerão no Sesc Vila Mariana, a partir das 14h. Pode-se adiantar as inscrições, que são gratuitas, mediante o e-mail cvvsp@cvv.org.br


Dados
De acordo com estudos da Rede de Informação Tecnológica Latino-americana (Ritla), do ano de 2008, a Nicarágua é o país latino-americano com maior índice de suicídios entre jovens, com taxas de 14,6 por cada 100 mil habitantes. Em comparação com outras regiões do mundo, a taxa da América Latina apenas é maior que na África (1,3) e Europa (6,7). A maior taxa no mundo é da Oceania, com 12,2 por cada 100 mil habitantes. No mundo, a OMS calcula que as mortes por suicídio, em geral, correspondem a 1,5% dos falecimentos.

Camila Maciel

Do Adital

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627