Dia dos Avós: Idosos têm buscado melhorar a qualidade de vida

Publicado em terça-feira, julho 26, 2016 ·

avosJá faz um tempo que uma geração de idosos tem trocado o tricô, o banco da praça e o velho e bom xadrez por outras formas mais modernas de socialização. Cada vez mais assíduos em academias de ginástica, aulas de informática, nas universidades e em outros campos que há alguns anos não era tão frequentes encontrá-los.

Isso aponta para um novo comportamento da chamada terceira idade. Os idosos, estão somando a sabedoria com a busca por novas experiências e modos de vida, o que tem promovido uma maior longevidade e melhor qualidade de vida.

Uma das atividades recomendadas pelos especialistas é o Pilates. O método fortalece a musculatura e as articulações, corrige a postura, melhora a capacidade respiratória, o equilíbrio e a flexibilidade, evitando lesões e aliviando dores típicas desta fase.

Para Rossana Vasconcelos, fisioterapeuta do Centro Equilibra, os benefícios do Pilates independem da idade e do gênero. “Além de promover o bem-estar em todos os sentidos, o Pilates também é aconselhado por médicos e especialistas para auxiliar no tratamento de várias enfermidades como osteoporose, artrites, reumatismos, diabetes, Parkinson, entre outras. Pessoas da terceira idade têm melhorado intensamente sua qualidade de vida com a prática do método”, explica.

Além disso, eles têm enxergado que esta é uma fase onde há tempo de sobra para viver experiências que, antes, as obrigações com o trabalho ou com a educação dos filhos não permitiam. “É preciso redescobrir prazeres e preencher o tempo com atividades que mantenham a mente e o corpo ativos. Atividades físicas, viagens e encontros com os amigos são exemplos simples de vivências que podem ajudar o idoso a envelhecer de forma saudável e feliz”, relata Carla Cristiani de Oliveira. A psicóloga do Hapvida Saúde dá outras dicas práticas de como envelhecer com qualidade de vida.

DICAS DE VIDA E SAÚDE:

* Aceite a nova idade: enxergue a terceira idade como a chance para viver novas experiências ou que sempre quis, mas não tinha tempo;

* Cuide do corpo: faça check-ups periódicos, alimente-se de forma saudável, pratique alguma atividade física para prevenir doenças. Caminhar três vezes por semana já ajuda;

* Cuide da mente: escolha uma atividade que estimule o raciocínio e previna a perda de memória. Vale leitura, estudar novos idiomas, palavras-cruzadas;

* Socialize: aproveite o tempo livre para fazer novos amigos. Sentir-se parte de um grupo pode ajudar a evitar sintomas da depressão associadas ao envelhecimento.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627