Descaso: Samu de Bananeiras deixa de atender ocorrência grave por falta de autorização da regulação

Publicado em terça-feira, novembro 12, 2013 ·

samuNa madrugada desta segunda-feira (11/11), uma senhora de 73 anos, residente no centro de Bananeiras-PB, passou mal ao ponto de vomitar sangue, segundo familiares da vítima, ao acionar os serviços do SAMU obteve a seguinte resposta: “Estamos com um “probleminha”, Bananeiras só possui uma ambulância e a mesma encontra-se em ocorrência, não podemos ajudar”.

Desesperados, os familiares da vitima ligam para o Hospital Municipal de Bananeiras para confirmar a informação dada pela regulação do SAMU, para a tristeza, desolação e revolta da família, ficam sabendo que a ambulância do SAMU encontra-se na base, que é localizada nas dependências do hospital.

Eliene Pessoa de Morais, sobrinha da vítima e funcionária do hospital, ligou novamente para o SAMU e solicitou mais uma vez a ambulância e obteve a mesma resposta. “Mesmo me identificando como auxiliar de enfermagem do hospital de Bananeiras, dizendo que tinha ligado para lá e confirmado que a ambulância encontrava-se na base, a regulação insistia em afirmar que não podia ajudar porque a ambulância encontrava-se em ocorrência”, afirmou Leninha, como é conhecida.

A redação do Bananeiras Online conversou, por telefone, com a equipe do plantão do dia e obteve as seguintes declarações:

“Estávamos como de costume de prontidão na base, quando soubemos do caso da tia da funcionária do hospital, porém, como nós estamos estritamente sob as determinações da regulação, ficamos aguardando a ligação autorizando a saída da ambulância para a ocorrência, o que não aconteceu. Nossa última ocorrência foi por volta das 20h00 do domingo (10/11), as 22h00, aproximadamente, ligamos para a regulação e avisamos que estávamos retornando a base,” afirmou a Técnica de Enfermagem do plantão.

Em contato com a redação do Bananeiras Online, Eliene Pessoa de Morais desabafou: “Saímos às ruas a procura de socorro, na madrugada, às portas dos vizinhos. É triste e revoltante passar por essa situação sabendo que existe uma ambulância cuja função é tão somente nos servir. Esta não é a primeira vez que a população sofre por falta de atendimento do SAMU, entendemos que o SAMU de Bananeiras não está só para a população de Bananeiras, mas para todos que precisarem, sejam de Bananeiras ou não, contrariando o argumento da regulação”.

“Omissão de socorro é crime, mentir é falta de caráter. Hoje foi minha tia vomitando sangue, fico imaginando se fosse um ataque cardíaco ou algo do tipo, teríamos um final provavelmente trágico, até quando isso vai acontecer? Até quando nós seremos penalizados por irresponsabilidades dos outros?”

“Peço que as autoridades do nosso município cobrem e apure as responsabilidades, da próxima vez poderemos não ter a mesma sorte, todos estão sujeitos”, finalizou Leninha.

 

 

Bananeiras Online

Edição: Thiericlison Silva

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627