Dermatologista alerta para cuidados com a pele dos banhistas

Publicado em segunda-feira, dezembro 15, 2014 ·

doutorComo a incidência dos raios ultravioletas está cada vez mais agressiva em todo o planeta, a chegada do verão no Brasil – assim como em todo hemisfério Sul, no próximo dia 21 de dezembro, exige atenção redobrada das pessoas para evitar o câncer de pele. A informação é do médico dermatologista, Edilson Egito, lembrando que a exposição ao sol de forma inadequada é o maior vilão da doença.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo o dermatologista , o câncer de pele depende basicamente de 2 fatores: radiação solar acumulada – desde a infância do indivíduo – e a genética da pele, ou seja o Fototipo de Pele. “O Fototipo da Pele vai do nº 1 ao 6; as pessoas com Fototipo 1 – pele muito clara e olhos claros, e Fototipo 2 – menos clara, porém que nunca se bronzeia e apenas fica vermelho ao expor-se ao sol (Classificação de Fitzpatrick) estão mais propensas a desenvolver a doença.

“A prevenção é o melhor remédio”, recomenda Edilson Egito, sugerindo que as pessoas busquem todas as proteções possíveis no dia a dia: utilizar bonés, chapéus, camisetas em praias, ficar ao abrigo de barracas; o uso de bons protetores solares – de preferência que tenha em sua fórmula filtro físico e filtro químico, denominados como bloqueadores solares.

O médico destacou ainda que o câncer da pele – não melanoma – é o de maior incidência no Brasil, correspondendo a 25% de todos os tumores malignos registrados no país segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). “Inclusive para chamar a atenção para o problema, a Sociedade Brasileira de Dermatologia lançou, neste mês, a campanha ‘Dezembro Laranja- Mês Nacional de Combate ao Câncer de Pele’.

Para o verão 2015, segundo o médico Edilson Egito, não há nada de novo. “Na realidade, o que temos é uma melhor conscientização da população e a promoção de campanhas de conscientização, como Verão Laranja, que acontece por todo mês de dezembro”.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda que as seguintes medidas de proteção sejam adotadas:

* Usar chapéus, camisetas e protetores solares.
* Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10 e 16h (horário de verão).
* Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.
* Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou diversão. Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB e tenha um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo. Reaplicar o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre. Ao utilizar o produto no dia-a-dia, aplicar uma boa quantidade pela manhã e reaplicar antes de sair para o almoço.
* Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas.
* Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.
* Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses.

clickpb

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627