Deputado denuncia: em Sumé tem empresário e comerciante cadastrados no Bolsa Família

Publicado em quarta-feira, julho 16, 2014 ·

bolsa familiaO deputado estadual Frei Anastácio, líder do PT na Assembleia Legislativa, apresentou hoje (16) uma série de denúncias contra o prefeito da cidade de Sumé, Francisco Duarte da Silva Neto. Segundo o petista, as denúncias de irregularidades atingem diversas áreas da administração daquele município. “O mais estarrecedor é que tem comerciante e até empresário recebendo dinheiro do programa Bolsa Família, naquele município, todos ligados ao prefeito. Tem pessoas que moram na capital e em São Paulo incluídas no programa em Sumé”, denunciou o deputado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Além do Bolsa família, segundo o deputado, as denúncias mostram irregularidades no programa bolsa família, superfaturamento nas compras até de alimento para o hospital, contratação de servidores sem concurso, favorecimento de empresa de familiares, licitação fraudulenta e locação indevida de veículos. No mês de junho último, um carro de propriedade da Prefeitura de Sumé, dirigido por Ana Paula, esposa do prefeito, visivelmente embriagada, foi envolvido numa colisão com um veículo de propriedade do deputado estadual Assis Quintans ”, denunciou o deputado.

Em relação ao favorecimento de familiares, os documentos que chegaram ao meu gabinete mostram que o material de construção adquirido pela Prefeitura vem todo da FEMAG, empresa pertencente ao sogro do vice-prefeito, Edem Duarte, primo do Prefeito. Essa loja, segundo as denúncias, é a única fornecedora dos insumos utilizados nas obras da prefeitura.

O deputado relatou que a locação de veículos pela Prefeitura, é realizada em nome de uma “laranja” de nome Michelle Mota. Os veículos são usados por familiares do prefeito para viagens pessoais e de lazer. Até na compra de alimentos para o hospital da cidade existe denúncia. “A prefeitura teria gastado R$ 70 mil na compra de gêneros alimentícios, que nem a direção do hospital sabe informar para onde foram”, afirma o deputado. Bolsa família

“O Programa Bolsa Família naquele município está sendo utilizado para recrutamento de cabos eleitorais, portanto, compra de votos. O desvirtuamento desse programa é total. De acordo com as informações de que disponho, constam como beneficiados do programa Erivaldo Paulo de Amorim, residente na cidade de São Paulo, há 10 anos;Edna Maria da Silva Mendonça, comerciante;Rosilia Duarte da Silva, prima do prefeito e do vice-prefeito. Ela Trabalha e mora na Capital;José Oge Maciel, empresário, que na eleição de 2008 foi candidato a vereador naquele município,um verdadeiro absurdo”, lamenta o deputado.

Ele acrescentou que além desses nomes, existem dezenas de outras pessoas, que não se enquadram na condição de pessoas aptas ao recebimento do benefício.

A situação em Sumé é tão grave, que o prefeito Francisco Duarte foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por prática de crimes de corrupção, peculato e formação de quadrilha. No fórum daquela cidade, há informações de que também tramitam Mandados de Segurança e Ações Cautelares contra o prefeito, por atos que atentam contra os direitos dos servidores púbicos municipais. “Estamos colocando a nossa assessoria jurídica à disposição dos denunciantes para acompanhar e orientar as ações das pessoas de bem contra o Prefeito de Sumé”, afirmou o deputado.

Assessoria de Imprensa

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627