Deputado decide romper com Ricardo, entregar os cargos no Estado e retornar para oposição na AL

Publicado em sexta-feira, julho 29, 2011 ·

O deputado estadual Márcio Roberto resolveu romper com o governador Ricardo Coutinho (PSB) após participar da reunião da Executiva Estadual do PMDB realizada nesta sexta-feira (29), que contou com a presença do ex-governador José Maranhão. A decisão de Márcio em abandonar o Governo aconteceu devido a promessa feita pelos comandantes do PMDB de que ele será o presidente da sigla no município de São Bento.

Segundo Márcio Roberto, sua decisão também foi pautada com base no estatuto do partido. “Eu como peemedebista não posso seguir o Governo e o PMDB é um partido que tem história na minha vida. Por isso decidi permanecer e seguir as orientações da legenda”, disse.

Segundo o deputado Raniery Paulino, Márcio deve entregar todos os cargos que tem no Estado e retornar a bancada de oposição na Assembleia Legislativa. Na ocasião, o deputado de São Bento assinou um documento se comprometendo a “seguir todas as orientações regulares do partido, declarando, ainda que seguirá as diretrizes da bancada oposicionista”.

Apesar de ter se comprometido a retornar a oposição na Casa Epitácio Pessoa, o deputado Gervásio Maia afirmou que não acredita na possibilidade do colega Márcio Roberto cumprir a promessa para deixar a base aliada do Governo do Estado. “Eu não acredito que isso aconteça”, disse.

Na reunião, ficou definido ainda que os outros parlamentares devem também retornar a oposição sob pena de serem processados internamente. O processo pode até mesmo resultar na expulsão do partido.

Veja o documento assinado por Márcio Roberto:

André Gomes com informações de Giovanni Alves Duarte

PolíticaPB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627