Política

Deputado Chió (REDE) repudia cortes em universidades e desmonte do “Mais Médicos”

Publicado em terça-feira, maio 7, 2019 ·

O deputado Estadual Chió (REDE) não economizou o tom do discurso ao utilizar a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, durante o pequeno expediente, nesta terça-feira, 07 de Maio, repudiando os severos cortes nas universidades públicas, especialmente, no tocante ao que atinge à Universidade Federal da Paraíba.

“Só no Ensino Superior são R$ 2,2 bilhões de cortes e o pretexto do Governo Federal é que esses recursos serão destinados à Educação Básica. No entanto, só na Educação Básica são mais R$ 2,4 bilhões de cortes. O momento é de luta, de mobilização. A Assembleia Legislativa deve juntar-se e apoiar os movimentos estudantis, as Universidades e Institutos Federais, que já sofrem com péssimas condições e não resistirão aos novos cortes “, reivindicou Chió (REDE).

Contra cidadania à Bolsonaro

Chió desaprovou qualquer possibilidade da Assembleia Legislativa aprovar título de cidadania paraibana ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), diante da tramitação de um projeto de lei na Casa. “Cidadania se concede a quem contribui, a quem soma para o desenvolvimento e qualidade de vida dos paraibanos. Não se pode conceder cidadania a quem corta da educação e da saúde dos paraibanos, a quem não se importa em deixar o nosso povo sem conhecimento e doente”, completou Chió.

O deputado reivindicou ainda, o desmonte do programa Mais Médicos no estado. “Só em João Pessoa são menos 48 médicos. Quem mais sofre com ausência desses profissionais são os mais humildes, os mais pobres. O que temos testemunhado todos os dias são questões ideológicas se sobrepondo a questões humanitárias e isso é absurdo”, concluiu Chió.

Fonte: Ascom Dep. Chió (REDE)

 

 

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627