Deputado ataca benefício concedido a Ronaldo e Cássio; “É preciso acabar com essa farra, é vergonhoso!”

Publicado em segunda-feira, maio 23, 2011 ·

ronaldo e cassioMesmo não podendo tentar impedir o pagamento deum pensão para os ex-governadores Cássio Cunha Lima e Ronaldo Cunha Lima ambos do PSDB, o deputado estadual Frei Anastácio (PT) mostrou-se contrário ao pagamento do benefício e disse já ter dez assinaturas das doze necessárias para apresentar a propositura na Assembléia Legislativa.

Anastácio mostrou-se contrário ao pagamento e disse que faltam critérios na concessão do pagamento.

“Não só apenas a Família Cunha Lima, é um festival, você tem uma mandato de governador, depois é senador e um político se aposenta. É preciso se acabar com essa farra, uma vez que um trabalhador contribui trinta ou trinta e cinco anos para ter uma aposentadoria de um salário mínimo, é vergonhoso e precisamos mudar essa realidade”, disparou.

Na Paraíba, oito ex-governadores e seis viúvas recebem o benefício, gerando gastos de R$ 266 mil por mês e de cerca de R$ 3,2 milhões anuais. Apesar da Constituição Federal de 1988 ter eliminado o pagamento das pensões, mensalmente, cada um dos beneficiados recebe cerca de R$ 18,3 mil, somando mais de R$ 266 mil por mês. Aqui Na Paraíba, o ex-governador Ronaldo Cunha Lima é um dos beneficiados. Em 1993 ele atirou contra o ex-governador Tarcísio Buriti.

Buriti sobreviveu, mas morreu há sete anos, vítima de problemas cardíacos. A mulher dele recebe a pensão. Outros que também recebem o benefício são os ex-governadores Wilson Braga (PMDB), José Maranhão (PMDB), Cícero Lucena (PSDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB). O parlamentar disse que espera a compreensão do governador Ricardo Coutinho. “O governador, que está tomando medida duras na área econômica, inclusive, rejeitou até um reajuste no próprio salário, com certeza não irá se opor a essa emenda. Espero que ele libere a bancada para votar a favor”, disse Frei Anastácio.

Entenda o caso

O objetivo da emenda à Constituição Estadual é revogar o parágrafo terceiro do artigo 54 da Constituição do estado, que concede aposentadoria para ex-governadores e pensões para ex-primeiras damas viúvas. Frei Anastácio acredita que, esta semana, irá conseguir as assinaturas que faltam para encaminhar a emenda.

Na Paraíba, oito ex-governadores recebem e seis viúvas recebem a vantagem. Cada ex-governador recebe R$ 18,3 mil por mês, para o resto da vida.

“Essa vantagem para ex-governadores existe na Paraíba, desde 1979. As viúvas começaram a receber em 1988, mas nós vamos acabar com isso”, disse Frei Anastácio.

Ele acredita que isso tem que acabar em todo Brasil. Poucos Estados ainda mantêm esse benefício e espero que a Paraíba dê exemplo extinguindo essa “mamata”, disse o deputado acrescentando que nunca concordou com esse benefício, nem para presidente da República. Recentemente o Estado do Paraná aboliu o benefício.

Dos 36 deputados da ALPB, apenas assinaram o documento: Luciano Cartaxo,Anísio Maia e Frei Anastácio (PT), Doda de Tião (PMDB), Aníbal Marcolino (PSL),Genival Matias ( PT do B), Toinho do Sopão (PTN), Vituriano de Abreu (PSC) e André Gadelha (PMDB) e outro parlamentar que assinou não foi revelado.

PB Agora
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627