Dentista é preso acusado de estuprar enteada durante quatro anos, na Paraíba

Publicado em quinta-feira, junho 14, 2018 · Comments 

Um dentista de 59 anos de idade foi preso por força de um mandado de prisão, na cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano. Ele é acusado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) de ter estuprado a enteada durante quatro anos, quando ela era adolescente.

A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (13), mas as informações só foram confirmadas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (14), depois que ele passou por uma audiência de custódia e teve a prisão mantida.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Glauber Fontes, a denúncia do MPPB acusa o dentista de ter estuprado a enteada, durante os anos de 2002 a 2005, na cidade de Itaporanga, onde ele morava com a adolescente e a mãe dela. O crime aconteceu até a vítima completar 14 anos de idade. “Ele já devia ter sido preso há muito tempo, mas não era localizado”, disse o delegado.

O dentista foi preso após uma denúncia feita ao 197. Ele estava em um restaurante no Centro de Cajazeiras, onde o mandado foi cumprido. O acusado está preso em uma unidade prisional de Itaporanga.

G1

Tags :




outras notícias