Defesa de Genoino critica laudo e diz que médicos deveriam ter visitado a Papuda

Publicado em sexta-feira, dezembro 6, 2013 ·

genoinoA defesa do ex-presidente do PT José Genoino enviou nesta sexta-feira (6) ao Supremo Tribunal Federal um documento reforçando o pedido de prisão domiciliar para seu cliente.

O advogado Luiz Fernando Pacheco destacou que Genoino sofre de problemas cardíacos, foi operado em julho e criticou laudo produzido por uma junta médica do Hospital Universitário de Brasília.

De acordo com ele, a junta reconheceu que Genoino precisa de uma série de cuidados especiais e acompanhamento ambulatorial. Por isso, teria lhe causado “perplexidade” o fato de os médicos terem dito que não é imprescindível permanência de seu cliente em prisão domiciliar.

Além disso, a defesa também destacou que a junta médica analisou Genoino quando sua condição de saúde estava melhor, e não visitou o presídio da Papuda para avaliar o local a que ele seria submetido.

“É de suma importância sublinhar que a temerária conclusão dos peritos foi tomada sem que tenham eles se dignado a sequer conhecer as instalações carcerárias a que o sentenciado vinha sendo submetido”.

Por fim diz que muitos presos doentes morrem no Brasil sem ter o direito a prisão domiciliar para tratamento. “Desgraçadamente (…) presos seriamente enfermos morrem sem ter reconhecido seu direito”.

Com a manifestação do advogado e do procurador-geral da República –que defendeu pelo menos 90 dias de prisão domiciliar para Genoino–, Barbosa já pode tomar sua decisão sobre o pedido do ex-presidente do PT.

folha de s.paulo

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627