Criança Luisgomense é acometida por doença rara ‘rins policísticos

Publicado em quarta-feira, setembro 7, 2011 ·

O garoto vem desafiando a ciência e os médicos do Rio Grande do Norte, que ao nascer, só lhe deram quinze dias de vida.

Luis Gomes – Com apenas 70 dias de nascido, o pequeno G. G. F. luta inocentemente contra uma doença renal rara. Portador de Rins Policísticos, uma patologia que pode ter sido herdada de seus antepassados, o garoto vem desafiando a ciência e os médicos do Rio Grande do Norte, que ao nascer, só lhe deram quinze dias de vida.

“G” como resolvemos lhe chamar, teve a doença detectada ainda na barriga da mãe. Francisca Mércia de Santana Gomes Fernandes, dona de casa, 31 anos, estava no sexto mês de gestação quando uma ultra-sonografia mostrou que algo não ia bem com seu feto.

Diagnosticada a gravidez de alto risco, a paciente teve seu pré-natal transferido para um hospital da capital do Estado, local onde ficou até o nascimento do pequeno “G”.

Apesar de ser uma doença bastante conhecida pela medicina moderna, os Rins Policísticos que acometem o filho de dona Mércia é de um tipo raríssimo, e, no geral, eles são pequenos e só são vistos através de exames, mas no caso de “G”, os médicos se surpreenderam com o tamanho em que já estava na hora do parto, o que fez a criança nascer com quatro quilos e quinze gramas.

Mércia conta que a equipe médica ao ver a situação de seu filho, preferiu aplicar uma medicação para que ela dormisse e não pedisse para ver a criança no momento do nascimento. “Chequei a vê metade do parto, mas logo em seguida adormeci. Depois que tudo passou, uma enfermeira me disse que uma medicação para dormir foi feita propositalmente, pois segundo ela, eu poderia passa mal ao ver o meu filho naquela situação, ou seja, com uma enorme barriga”.

Ainda de acordo com Mércia, a nefrologista que acompanhou o recém-nascido na UTI Neo Natal, só deu 24h de vida para seu filho, mas graças à força e a fé de toda a família, o bebê já está com dois meses e dez dias de vida. A criança não tem dificuldades para mamar, defecar e urinar, mas com o crescimento continuo dos Rins Policísticos, sua respiração está se tornando cada fez mais ofegante.

Mércia aproveita a oportunidade para fazer um apelo aos médicos conhecedores da doença Rins Policísticos para que lhe ajudem, já que todos que ela a procurou até o momento, não deram muita atenção ao problema.

Para quem não o conhece, o filho de dona Mércia é uma criança bonita, alegre e aparentemente saudável, já que não sente nada além do incômodo causado pelo o tamanho dos Policísticos.

– Em obediência ao Estatuto da Criança e o Adolescente, o nome e o rosto da criança foram preservados

Entenda o que é Rins Policísticos:

“A Doença Renal Policística (DRP), também conhecida como Síndrome Renal Policística é uma doença genética que afeta os rins e tem caráter progressivo. Ocorre em seres humanos e em alguns outros animais. A DRP é caracterizada pela presença de vários cistos (daí o termo “policistico”) em ambos os rins. A doença também pode acometer o fígado, o pâncreas, e mais raramente o coração e o cérebro. As duas principais formas de Doença Renal Policística são distinguidas por seus padrões de herança genética, dominante ou recessiva”.




Da Redação com informações de luisgomesrn.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627