CPB comemora 10 anos de atividades

Publicado em quinta-feira, outubro 20, 2011 ·

_Seminário_01Na terça-feira, dia 18, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), celebrou seus 10 anos de criação com seminário comemorativo realizado no auditório do Hotel Ouro Branco, em João Pessoa (PB).

O evento promoveu, ao longo do dia, palestras e mesas-redondas sobre o histórico de conquistas da entidade durante a última década e o impacto de sua atuação para a conservação de uma parcela tão significativa da fauna – especialmente por meio dos Planos de Ação Nacional (PANs) dos Muriquis, dos Mamíferos da Mata Atlântica Central e do Sauim-de-coleira, todos desenvolvidos pelo CPB e instituições parceiras.

_Seminário_02Na ocasião foi inaugurada a exposição itinerante “Primatas Brasileiros: Diversidade, Pesquisa e Conservação” e o lançamento da nova logomarca do Centro, inspirado no macaco Alouatta – gênero conhecido por encontrar populações em todos os estados do país com exceção de Sergipe, onde foi extinto. Além disto, a fundação da entidade foi motivada pelo sucesso de um projeto de repovoamento de indivíduos do gênero na Reserva Biológica Guaribas, situada nos municípios de Mamanguape e Rio Tinto na Paraíba.

A cerimônia contou com convidados relevantes do cenário conservacionista dos primatas no Brasil, sendo a mesa composta por Marcelo Marcelino (Diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade/ICMBio), Leandro Jerusalinsky (Coordenador do CPB), Carla Marcon (Coordenadora Regional do ICMBio) e Fátima Pires, Coordenadora dos Planos de Ação Nacionais.

PAN dos Primatas do Nordeste

_Seminário_03Encerrando a série de eventos comemorativos do CPB no Hotel Ouro Branco, ocorre de 19 a 21, a oficina de elaboração do PAN dos Primatas do Nordeste, que atenderá a cinco espécies ameaçadas de extinção em áreas que englobam os Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

Sob a coordenação do CPB, serão identificados os problemas que ameaçam a existência dessas espécies – macaco-prego-galego (Cebus flavius), guariba (Alouatta belzebul), guigó (Callicebus barbarabrownae), guigó-de-coimbra-filho (Callicebus coimbrai) e macaco-prego-do-peito-amarelo (Cebus xanthosternos) – e traçados objetivos e ações para alcançar metas de cunho conservacionista.

Com este novo Plano, o Centro comemora a façanha de contemplar, através de quatro PANs, todas as espécies de primatas ameaçadas de extinção na Mata Atlântica – que correspondem a 50% dos mamíferos brasileiros considerados criticamente ameaçados.

_Seminário_04Estão participando da oficina, as universidades dos Estados envolvidos   (Goiás e São Paulo), polícias ambientais de Pernambuco, órgãos estaduais do meio ambiente(Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa), Cetas (Centros de Triagem de Animais Silvestres), CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico),  Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco), Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), Funai (Fundação Nacional do Índio), IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), INSA (Instituto Nacional do Semi-Árido), Ministério Público, ONGs ambientais, SZB (Sociedade de Zoológicos do Brasil) e Unidades de Conservação onde ocorrem as espécies contempladas.

Victor Souza para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627