Com reservas, Santos segura Inter e estreia com empate na Vila

Publicado em domingo, Maio 22, 2011 ·

sntos e interSantos e Internacional protagonizaram neste sábado o primeiro empate do Campeonato Brasileiro de 2011. Em jogo pouco inspirado na Vila Belmiro pela primeira rodada da competição nacional, os dois times ficaram apenas no 1 a 1, em duelo marcado pela ausência de nomes como Neymar, Paulo Henrique Ganso, Elano, D’Alessandro e Muricy Ramalho.

Ainda na briga pelo título da Libertadores da América, o Santos entrou em campo escalado praticamente com reservas. Dos titulares deste sábado, apenas Alex Sandro, Pará e Keirrison atuaram no duelo contra o Once Caldas (COL) – e mesmo assim, saindo do banco na última quarta-feira. Coincidentemente, até mesmo o técnico Muricy Ramalho ficou de fora da partida do fim de semana, gripado, dando lugar a Marcelo Martelotte.

O Internacional, por sua vez, entrou em campo com desfalques importantes: o lateral Nei, o zagueiro Índio e o meia D’Alessandro, todos entregues ao departamento médico. Mesmo assim, a dupla Oscar e Zé Roberto chamou para si a responsabilidade e criou as melhores chances coloradas no duelo da Baixada Santista.

Diante de um público acanhado na Vila Belmiro, a partida demorou a engrenar, e a primeira boa chance só surgiu aos 28min – justamente no primeiro gol da partida. Tiago Alves foi derrubado pelo lateral Daniel na área; pênalti, que Keirrison bateu no alto e tirou do goleiro Renan, fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

Mas a resposta colorada veio rápida, seis minutos depois. Depois de boa jogada pela individual pela esquerda, Oscar cruzou na área para Zé Roberto, que escorou meio sem jeito e mandou a bola no ângulo do goleiro Aranha para empatar o marcador em 1 a 1.

De quebra, Leandro Damião teve duas chances pela direita para virar, aos 37min e aos 41min – bateu fraco na primeira, e para fora na segunda. Na resposta, aos 45min, Tiago Alves invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro, mas Renan saiu e cortou antes que a bola chegasse aos pés de Keirrison na área.

Após o intervalo, os dois times se mostraram mais criativos. No primeiro minuto, Renan cortou o cruzamento de Alex Sandro, enquanto Aranha defendeu a conclusão perigosa de Zé Roberto aos 5min, após falta cobrada por Oscar. Aos 16min, Keirrison foi acionado na área, driblou Renan pela direita e tentou cruzar, mas ficou sem espaço e acabou bloqueado pela defesa colorada.

Aos 28min, o recém-contratado Richely cruzou forte, mas Keirrison não alcançou e perdeu boa oportunidade. Com poucas chances, o time comandado por Paulo Roberto Falcão só voltou a assustar aos 32min, em falta que Kléber cobrou na área e que Aranha defendeu. Aos 43min, Felipe Ânderson correu pela esquerda e tentou acionar Keirrison, que foi travado pela defesa.

O Inter ainda teve a chance de vencer aos 46min, em chute de Leandro Damião pela direita que Aranha defendeu, evitando a derrota. Melhor para o Santos, que volta a entrar em campo agora na quarta-feira para enfrentar o Cerro Porteño pela Libertadores; depois, no sábado, enfrenta o Botafogo no Estádio do Engenhão às 18h30 (de Brasília) pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Simultaneamente, o Internacional recebe o Ceará no Estádio do Beira-Rio, também pela competição nacional.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627