Cofre seria usado como cela em Barra de Santa Rosa, mas delegado desmente

Publicado em segunda-feira, maio 14, 2018 · Comments 

(Foto: Imagem cedida pelo delegado Pedro Ivo Soares)

Uma denúncia feita pelo advogado criminalista Ronaldo Jordão, na tarde desta segunda-feira (14), afirma que os detentos da cidade de Barra de Santa Rosa, a 139 km de João Pessoa, no Agreste paraibano, estariam sendo presos no cofre da delegacia. No entanto, o delegado da região que abrange o município, Pedro Ivo Soares, disse haver um mal-entendido.

Ao Portal Correio, o delegado confirmou a autoria da denúncia, mas disse que ela seria “sem fundamento”. De acordo com ele, a delegacia é uma adaptação de uma coletoria do Fisco estadual, que funcionou por muito tempo no local, e o cofre, que era utilizado no Fisco, foi transformado em uma carceragem.

“A porta do cofre ainda existe, falta ser arrancada, mas não é utilizada. Ela fica aberta, pois o cofre foi transformado em uma carceragem; há uma grade separando o xadrez das outras partes da delegacia”, explicou. O advogado citado pelo delegado como autor da denúncia não foi encontrado pelo Portal Correio para comentar o caso.

Ainda de acordo com Pedro Ivo, o detento só permanece na carceragem enquanto é autuado pela autoridade. Depois, o preso é transferido para a cadeia pública da região. “Já estou ‘inteirado’, apesar de ter sido transferido pra cá há apenas uma semana. A partir de agora, vou ver as providências que vou tomar”, disse.

O delegado ainda disse que vai apurar por que a denúncia foi feita. Segundo Pedro, ela não ocorreu formalmente. “A denúncia é infundada. Nós vamos apurar por que foi feita, até porque o cliente do advogado que denunciou é um homicida, altamente perigoso. De qualquer forma, teríamos que prendê-lo, pois ele apresenta risco à sociedade”, finalizou.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Tags :




outras notícias