Clube da PB ameaça largar o campeonato por perseguição política

Publicado em quarta-feira, Fevereiro 22, 2012 ·

paraibano 2O Paraíba Esporte Clube, adversário do Campinense, na próxima quinta-feira (23), está ameaçando abandonar o Campeonato Paraibano porque foi autuado pelo Procon.

O Programa de Orientação e Defesa do Consumidor (PROCON) da Paraíba está autuando o clube, alegando que o time não está cumprindo a lei da meia-entrada.

Depois da atuação do Procon o presidente Francisco Campos de Oliveira, o Tico Miudezas, disse que pode tirar o time da competição a qualquer momento.

De acordo com Tico, essa notificação do Procon-PB é fruto de perseguição política, pois o que se comenta na cidade, é que o Paraíba é apoiado pelo atual prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael e que os opositores ao atual prefeito, estariam comandando o Atlético de Cajazeiras, que hoje está na segunda divisão do Paraibano.

A última campanha do time pela primeira divisão aconteceu em 2010.
O departamento jurídico da Cobra Coral do Sertão está reunindo as provas para mostrar que o time está trabalhando de forma correta. Estão anexando ao processo, fotos e cópias de documentos que provam a venda da meia-entrada nos jogos em que o Paraíba detém o mando de campo.

O único problema será a confirmação do valor da multa que será aplicada pelo Procon, que poderá chegar aos R$ 600 mil. Caso seja este o valor, Tico Miudezas afirmou que já reuniu a diretoria e o clube deixará o Campeonato Paraibano 2012.

Priscila Andrade com Voz da Torcida

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627