City exige parcela à vista e deixa Coritnhians mais longe de Tevez

Publicado em terça-feira, julho 19, 2011 ·

tevezPara contratar Carlitos Tevez agora, o Corinthians terá que depositar a primeira das quatro parcelas de 10 milhões de euros – aproximadamente R$ 22,2 milhões – ao Manchester City nesta semana. Essa foi a principal exigência feita pelo clube inglês, na contraproposta recebida pela diretoria, na manhã desta segunda-feira.

A condição foi divulgada pelo diretor de futebol, Roberto de Andrade, em entrevista à Rádio Bandeirantes. “O valor está acordado. O problema é a forma de pagamento. Queremos começar a pagar no ano que vem”, explicou o dirigente, mostrando que o clube não dispõe do montante.

A oferta corintiana é de 40 milhões de libras – aproximadamente R$ 89 milhões – em quatro parcelas anuais mais bônus em caso de títulos. Além de exigir a primeira à vista, no ato da contratação, o City quer diminuir o prazo, reduzindo a distância entre as parcelas para seis meses.

O presidente Andrés Sanchez disse na semana passada que, se não houver acerto desta vez, a proposta seguirá de pé até o final do ano, quando voltará a abrir a janela de transferências para jogadores vindos do futebol europeu – a atual se encerra na tarde de quarta-feira, o que se tornou o grande entrave no momento.

Mesmo vendo o atacante argentino cada vez mais distante, a diretoria do Corinthians se mostra satisfeita com seu atual elenco, que lidera o Campeonato Brasileiro. “Temos praticamente 18 titulares. Nós tivemos preocupação em trazer jogador para ter uma sombra em cada posição. Nós fomos felizes nas contratações que fizemos também”, comentou Roberto de Andrade.

Gazeta Esportiva

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627