Cícero decide, São Paulo vence de virada e complica Avaí

Publicado em domingo, agosto 7, 2011 ·

sao pauloPouco a pouco o São Paulo busca manter uma regularidade no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, jogando em Florianópolis, o time paulista derrotou de virada o Avaí por 2 a 1, conseguindo seu segundo triunfo consecutivo na competição. O resultado mantém a equipe do Morumbi na terceira colocação, mas a distância para o segundo colocado Corinthians é menor – os tricolores possuem 31 pontos, um a menos que os rivais. Já o time catarinense está na 18ª posição, dentro da zona de rebaixamento, com 13 pontos.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Atlético-PR no Morumbi, partida que será disputada no sábado, às 18h30. Ao mesmo tempo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, o Avaí recebe o Cruzeiro.

O resultado manteve a sina de visitante indigesto do São Paulo. Esta é a sexta vitória fora de casa da equipe paulista, que foi derrotado longe do Morumbi somente duas vezes. Já o Avaí segue com desempenho ruim na Ressacada. O resultado deste domingo foi a quarta derrota – os catarinenses possuem somente uma vitória em seu estádio, contra o Corinthians, na 13ª rodada.

O São Paulo veio a Florianópolis com muitos problemas em sua escalação. Rhodolfo contou com a companhia do estreante João Filipe na defesa, zagueiro que foi anunciado como atleta do clube na última sexta-feira. Entre as opções para o setor, o time paulista não teve Xandão, Luiz Eduardo e Rodrigo Caio, lesionados, e Bruno Uvini, que está com a Seleção Brasileira no Mundial Sub-20.

Outra mudança promovida por Adilson Batista foi a saída do veterano Rivaldo, que, poupado, ficou em São Paulo. Com isso, Cícero fez seu primeiro jogo como titular. Na lateral direita, Jean retornou ao time, uma vez que o paraguaio Ivan Piris está suspenso por expulsão na vitória sobre o Bahia, na última rodada.

Este foi o primeiro jogo do São Paulo na Ressacada desde a traumática eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil, em que o Avaí conseguiu emocionante virada, venceu por 3 a 1 e despachou o time tricolor.

O jogo

A partida começou bastante disputada, com o Avaí exercendo forte marcação na saída de bola são-paulina. O time da casa apostava também na troca de passes para chegar ao ataque, mas tinha dificuldades para passar pela defesa adversária. Aos 14min, o zagueiro João Filipe mostrou seu cartão de visitas ao roubar bola e dar bela arrancada ao ataque, mas foi derrubado pelo também estreante Caçapa, que recebeu o cartão amarelo.

Quando tinha a posse da bola, o São Paulo buscava trocar passes no meio de campo, mas sem criar jogadas efetivas. A equipe tricolor só foi ameaçar aos 28min, em tentativa de longe de Carlinhos Paraíba que passou perto do ângulo direito. No minuto seguinte, o Avaí teve sua melhor chance em cabeçada de Welton Felipe, que passou perto do poste esquerdo.

Carlinhos Paraíba teve chance de abrir o placar aos 36min, quando arrancou entre a marcação anfitriã em direção à área, mas foi desarmado antes de finalizar. O São Paulo buscou usar o contra-ataque a bola parada nos instantes finais do primeiro tempo, mas foi aos vestiários com a igualdade no marcador.

O jogo seguiu equilibrado no retorno do intervalo, com os dois times criando oportunidades e errando na hora do último passe. Aos 8min, Rafael Coelho tocou de cabeça para William, mas o centroavante não conseguiu o arremate. Um minuto depois, Juan fez boa jogada pela ponta esquerda, cruzou para Dagoberto e a defesa da casa afastou.

O Avaí passou a ter as principais chances, ainda que sem exigir defesas difíceis de Rogério Ceni. A pressão exercida valeu a pena, e William abriu o placar aos 14min. O centroavante aproveitou bola de Caíque para, dentro da área, chutar e ver a bola passar por Rogério Ceni.

O São Paulo não abaixou a cabeça após ser vazado, e conseguiu o empate seis minutos depois, Dagoberto cobrou escanteio e Cícero, que havia feito gol anulado corretamente por impedimento pouco antes, cabeceou para o fundo do gol. Aos 23min, novo gol. Dagoberto deu grande passe para Cícero, que tocou por cima do goleiro Felipe.

Com a vantagem, o São Paulo passou a jogar com mais calma, trocando passes no meio de campo. Já o Avaí tentou a bola área contra a defesa paulista, arma que funcionou nas quartas de final da Copa do Brasil. Ao fim, coube ao time visitante prender a bola no campo de ataque, enquanto esperava o apito derradeiro.

Avaí 1 x 2 São Paulo

Gols

Avaí:
William, aos 14min do segundo tempo
São Paulo:
Cícero, aos 20min e aos 24min do segundo tempo

Avaí: Felipe; Welton Felipe, Gustavo Bastos e Caçapa (Caíque); Arlan (Daniel), Diogo Orlando, Batista (Cleverson), Pedro Ken e Romano; Rafael Coelho e William. Técnico: Alexandre Gallo

São Paulo: Rogério Ceni; Jean (Ilsinho), João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denilson, Carlinhos, Wellington e Cícero; Lucas (Marlos) e Dagoberto (Fernandinho). Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos
Avaí: Welton Felipe, Caçapa e Arlan
São Paulo: Carlinhos Paraíba, Juan e João Filipe

Árbitro
Pablo dos Santos Alves (ES)

Local
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627