Chico César diz que não se apresenta na PB e afirma: Estado vai ajudar cidades no Carnaval

Publicado em sábado, novembro 26, 2011 ·

chicocesarO secretário de Cultura do Estado, Chico César disse em entrevista ao Portal Diário do Sertão esta semana que os carnavais das cidades da Paraíba somente receberão apoio do Estado se forem estritamente tradicionais, com bandas que valorizem a memória da Paraíba. “Se não tiver a ver com tradição, é bom nem procurar a Secretaria”, disse ele.

O cantor Chico César desaprova as manifestações culturais onde são inclusas as bandas de “forró eletrônico”, por isso defende as festas com o máximo de tradição possível. Com relação a essa polêmica denominada de “Forró de Plástico”, o secretário disse que continua com a mesma concepção e que seu dever é cuidar da herança cultural do Estado.

Chico disse ainda que, esse apelido foi dado por conta da descartabilidade das músicas de forró eletrônico. “É como se fosse o antônimo do forró pé-de-serra, ou seja, daquilo que é verdadeiro, que tem tradição.

Ao falar em música, o cantor Chico César esclareceu também que não está fazendo shows na Paraíba e que só retorna quando deixar de ser secretário de Cultura. Segundo ele, essa decisão foi tomada para não misturar as profissões, entretanto, ele continua tocando em todos os outros Estados do país.

Projetos
Durante a entrevista, o secretário falou dos projetos culturais que estão disponíveis para o Estado, destacando o Fundo Municipal de Cultura para que os municípios criem suas secretarias. “Quem não entrar no sistema nacional de Cultura vai perder dinheiro e os gestores têm que ficar atentos a isso”, disse o secretário.

Sessão Especial
Durante a visita do secretário e também cantor Chico César a cidade de Cajazeiras, a Câmara Municipal realizou uma sessão especial em homenagem ao “Dia da Consciência Negra”, onde o secretário agradeceu pela atenção e alertou as pessoas no sentido de respeitarem as manifestações negras.

Reforma no ICA
Com relação à reforma do Teatro Íracles Pires de Cajazeiras, Chico César disse que o projeto pretende resgatar a identidade da cultura de municipal. Enquanto a chopperia, que fica ao lado Teatro, o secretário disse que sua permanência ou saída do local será feita em comum acordo, inclusive com o proprietário do estabelecimento.

DIÁRIO DO SERTÃO

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627