Centro de Referência LGBT será inaugurado em JP; secretária defende kit anti-homofobia nas escolas da PB

Publicado em segunda-feira, maio 23, 2011 ·

kit-gayA Secretária Executiva da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, conversou com o portal paraiba.com.br, a respeito da fundação do primeiro Centro de Referência LGBT (Lesbicas, Gays, Bissexuais e trangeneros) na Paraíba. Segundo Gilberta, várias ações vêm sendo desenvolvidas no combate à homofobia e o kit anti-homofobia nas escolas municipais e estaduais será uma delas.

“João Pessoa irá inaugurar o primeiro centro de referencia LGBT do Estado”, contou a secretária em primeira mão ao portal. O evento acontecerá na próxima quarta-feira (25), às 18h, na Praça Dom Adauto, onde fica a Casa dos Conselhos e uma boate gay, a Vogue, e uma sauna.

Estarão presentes todo o movimento LGBT da Paraíba e a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana. Para Gilberta, o centro “é um instrumento para o combate da homofobia que a Paraíba ainda não tinha. É um convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Humano do Governo Federal”, se entusiasma.

A secretária estava em Brasília nesta sexta (20), numa reunião de gestores para tratar da conferencia nacional LGBT. “Vamos preparar o estado e os municípios, estamos fazendo várias ações e o plano de metas para o ano está em fase de elaboração”, esclarece.

A secretária afirmou que participou do seminário na câmara dos deputados federais onde foi tratado o Projeto de Lei da Câmara (PLC – 122). O projeto defende a criminalização da homofobia.

Kit anti-homofobia – A respeito da distribuição de vídeos para o combate à homofobia nas escolas por meio de kits do Ministério da Educação (MEC), a secretária falou que está sendo gerada uma polêmica desnecessária em torno desses vídeos. “Pelo que vimos no seminário ainda vai ter uma reunião com o Ministro da educação, Fernando Haddad, no sentido de verificar os equívocos que têm havido”, diz.

“Muitas pessoas tentam deturpar o alvo do kit”, reclama. A secretária explica que o material foi desenvolvido para adolescentes e não para crianças como vem sendo informado. “O kit será utilizado na educação de adolescentes das escolas públicas municipais e estaduais”, revela.

Na Paraíba, a perspectiva é que esse material seja reproduzido e chegue a 100% das escolas. Para isso, segundo a secretária, haverá um trabalho conjunto da Secretaria da Mulher e Diversidade Humana e da Secretaria de Educação do Estado. “Algumas escolas já fazem parte da rede capacitada para a utilização desse kit”, explica.

Para Gilberta os vídeos utilizados no kit “trabalham conceitos”. Eles são elaborados para “pensarmos melhor a questão da homofobia, eles trabalham a questão do respeito, da dignidade humana e da cidadania LGBT”, finaliza.

Marília Domingues

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627