Cássio pede ajuda dos tuiteiros para apressar julgamento de agravos no STF

Publicado em sexta-feira, agosto 19, 2011 ·

cassio-cunha-lima3Depois de pedir o voto dos paraibanos durante o período eleitoral no ano passado, o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) iniciou nesta quinta-feira, 18, uma nova campanha. Desta vez, o objetivo não é ser eleito, mas sim apressar o julgamento dos agravos que impedem sua posse no Senado Federal. Cássio pediu hoje a ajuda dos seus seguidores no Twitter para apressar o julgamento do seu caso no Supremo Tribunal Federal.

Na tarde de ontem, o STF divulgou que o ministro Ricardo Lewandowski, designado pelo presidente da Corte, ministro Cesar Peluso, para julgar uma Ação Cautelar com pedido de liminar impetrado pela defesa de Cássio para que ele tome posse antes do julgamento dos agravos impetrados pelo senador Wilson Santiago contra decisão do próprio Supremo que determinou a posse do tucano.

Com isso, o caso ficará a espera do ministro relator, Joaquim Barbosa, que se encontra de licença médica com retorno prevista para 1° de setembro.

Utilizando seu micro blog no twitter, Cássio agradeceu a solidariedade que vem recebendo dos seus seguidores e pediu ajuda. “Agradeço a solidariedade mais vez. Preciso da sua ajuda! De forma respeitosa peça ao @STF_oficial para julgar o Agravo. Creio na democracia”, postou.

Em outra postagem, Cássio continuou o desabafo. “A Constituição garante o direito de petição. Peça ao @STF_oficial o julgamento do Agravo. O Recurso Extraordinário foi provido”.

E finalizou lembrando que “o Agravo é de Wilson Santiago. O meu Recurso Extraordinário foi provido. E um agravo não pode suspende o efeito do RE”.

Cássio tem quase 39 mil seguidores no twitter e espera contar com eles para mobilizar o STF e apressar o desfecho do seu caso.

Marcos Wéric
WSCOM Online

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627