Caso Manoel Matos: acusados da morte de advogado morto na PB vão a julgamento

Publicado em domingo, Abril 12, 2015 ·

Manoel_MattosOs acusados de envolvimento no assassinato do advogado pernambucano Manoel Mattos, que atuava contra grupos de extermínio e que foi morto, em Pitimbu, litoral norte da Paraíba, vão a júri popular nesta terça-feira (14) na 36ª Vara Federal da Justiça Federal em Pernambuco (JFPE), a partir das 14h00.

Manoel Matos foi morto a tiros de espingarda calibre 12 quando estava em uma casa de praia, em Pitimbu, em janeiro de 2009. Mattos atuava contra grupos de extermínio na divisa entre os estados da Paraíba e Pernambuco.

 ENTENDA O CASO – O homicídio do advogado Manoel Mattos ocorreu no dia 24/01/2009, na localidade denominada “Praia Azul”, Município de Pitimbu (PB). Devido ao deslocamento de competência, a tramitação do processo foi transferida da Justiça Estadual da Paraíba para a 2ª Vara Federal da Justiça Federal da Paraíba (JFPB). Posteriormente, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) determinou o desaforamento do julgamento para a JFPE, por razões de ordem pública. Cinco acusados respondem pelo homicídio e serão submetidos a julgamento. O sorteio dos jurados foi realizado no dia 02/03/2015, às 14h, na sala de audiência da 36ª Vara.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

clickpb

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br