Candidata à reitora diz que UEPB não pode mais ser usada por partido

Publicado em terça-feira, dezembro 4, 2012 ·

A professora Eliana Maia, que foi candidata a reitora da Universidade Estadual da Paraíba, disse na noite dessa segunda-feira (3) que o governador Ricardo Coutinho tem vários motivos para não nomear o primeiro colocado na disputa, professor Antônio Guedes Rangel Junior . Rangel foi o candidato de situação, aliado da reitora Marlene Alves, que tem sido alvo de denúncias em supostas irregularidades.

Eliana Maia disse que desde maio já conhecia o quadro de crise instalado na UEPB, mas que naquele momento queria discutir propostas e ideias para “tirar a UEPB do marasmo”.

A professora questionou a democracia defendida na instituição, quando a “lógica é o apadrinhamento”, se referindo as recentes denúncias de elevação de nomeações sem concurso e gratificações. “A política vai existir sempre, mas não se pode mais permitir que a UEPB esteja à disposição da política partidária. Eu quero ser reitora da UEPB, mas respeito a escolha que o governador tomar”, disse Eliana.

Maia afirmou que Ricardo tem vários motivos para não nomear Guedes Rangel Junior .

MaisPB com informações do Balanço Geral – 98 FM de Campina Grande

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627