Caminhos para discursos honestos

Publicado em segunda-feira, abril 9, 2018 · Comments 

(Karlos Thotta/2018)

TODOS QUE TENHAM SIDO ELEITOS, NÃO PODEM OU DEVEM SENTIR-SE DONOS, OU ARRENDATÁRIOS, DOS RECURSOS POSTOS À DISPOSIÇÃO DOS GESTORES, QUE TENDO COMPETÊNCIAS E HONESTIDADE HONRAM OS CARGOS PÚBLICOS OU PRIVADOS PARA OS QUAIS FORAM ELEITOS OU NOMEADOS.

Na condição de herdeiros de um sistema industrial patrimonialista, financiado pelos privilégios de poucos e pelos favores de muitos, o povo brasileiro tem muito a aprender nas campanhas eleitorais de 2018.

Para a construção de uma sociedade igualitária, na qual cada cidadão tenha o mesmo valor, e os direitos sejam universalmente iguais, o povo brasileiro ainda tem um longo caminho a percorrer e muito a renovar.

É fundamental saber que a principal meta não deve ser apenas a afirmação de direitos, mas, sobretudo, uma conscientização profunda dos valores da justiça, e da liberdade do sistema político que, se for democrático, será garantia de todas as futuras campanhas de alternâncias de poderes.

A NAÇÃO BRASILEIRA, É DAQUELES QUE NELA VIVEM, PARTILHAM E DESEJAM, UM DESTINO DE PROSPERIDADES PARA SI E SEUS DESCENDENTES QUE CONSTRUIRÃO A PÁTRIA POR TODOS UNIDA E BEM-AMADA.

Além de comparecer às urnas, para plenamente exercer sua cidadania, cada eleitor deve associar-se aos movimentos populares que lutam para a construção de novos destinos das cidades e estados de um Brasil onde parlamentares e governantes eleitos não só devam satisfações ao Povo, como também precisem agir de modo conectado com os anseios, metas e esperanças das populações.

TODOS QUE TENHAM SIDO ELEITOS, NÃO PODEM OU DEVEM SENTIR-SE DONOS, OU ARRENDATÁRIOS, DOS RECURSOS POSTOS À DISPOSIÇÃO DOS GESTORES, QUE TENDO COMPETÊNCIAS E HONESTIDADE HONRAM OS CARGOS PÚBLICOS OU PRIVADOS PARA OS QUAIS FORAM ELEITOS OU NOMEADOS.

Tags :




outras notícias