Caminhoneiro é preso na Paraíba portando CNH falsa que teria custado R$ 1,5 mil

Publicado em quinta-feira, setembro 15, 2016 ·

Divulgação/Nucom PRF PRF diz que ele comprou documento falso
Divulgação/Nucom PRF
PRF diz que ele comprou documento falso

Um motorista foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na manhã desta quinta (15), após apresentar na fiscalização uma carteira de motorista (CNH) falsa e que teria custado R$ 1,5 mil. O fato ocorreu na BR-101/Norte, em Mamanguape, Zona da Mata Norte da Paraíba.

O suspeito, que mora em Mamanguape, dirigia um caminhão Mercedes-Benz no momento da abordagem. Os agentes da PRF descobriram vários vestígios de falsificação no documento. Após uma pesquisa nos sistemas, ficou confirmada a suspeita.

Segundo a PRF, o caminhoneiro teria dito que tentou por meios legais tirar a carteira de motorista no Detran-PB, mas foi reprovado. Na saída do órgão público, foi abordado por um despachante que ofereceu uma CNH por R$ 1.500. A PRF disse que ele topou a proposta ilícita e, após dois meses, já estava com a carteira falsa no bolso. O preso disse ainda que já fez viagens até o Centro-Oeste do país, mas teve a “sorte” de não ter sido abordado.

O caminhoneiro foi preso e levado até a Delegacia da Polícia Civil da região, onde foi autuado pelo crime de uso de documento público falso. Caso condenado, o suspeito poderá pegar uma pena de reclusão que pode variar entre dois a seis anos, além de multa.

 

Portal Correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627