Cabo da PM é preso acusado de estuprar cinco mulheres em Campina Grande

Publicado em quinta-feira, dezembro 22, 2011 ·

Um cabo da Polícia Militar da Paraíba, com atuação em Campina Grande, foi preso acusado de estuprar pelo menos cinco mulheres na cidade. A informações foi confirmada pelo comando do Serviço de Inteligência (P2) do 2º Batalhão de Polícia Militar.


Acusado está recolhido no 2º BPM no bairro de São José
Acusado está recolhido no 2º BPM no bairro de São José

Erisberto Pinto Simão, de 32 anos, mora no bairro do Catolé e é vinculado ao 10º BPM e trabalhava na antiga Operação Manzuá. Atualmente ele estava a disposição do comando da corporação.


O policial foi preso na manhã de ontem por força de um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 2º Vara Criminal de Campina Grande.


O documento foi solicitado pela delegada Herta de França, titular da Delegacia da Mulher, que investigava a ação do estuprador há mais de 40 dias.


De acordo com o Major Gilberto, comandante da P2, o policial não reagiu a prisão quando foi interceptado pelos agentes e também já foi reconhecido por cinco vítimas. “O caso, com detalhes, somente a Polícia Civil pode revelar, mas o que já confirmamos é que pelo menos cinco vítimas já teria reconhecido o policial como autor das violências” comentou, por telefone.


Erisberto Pinto Simão está preso na carceragem do 2º BPM, no bairro de São José, mas vai responder pelas práticas na justiça comum.

















Fonte: Márcio Rangel
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627