Brasil criou em fevereiro 260 mil vagas de trabalho com carteira

Publicado em segunda-feira, Março 17, 2014 ·

empregoO Ministério do Trabalho informou nesta segunda-feira (17) que foram criados em fevereiro 260.823 empregos formais (com carteira assinada). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O resultado é 111% superior ao registrado em fevereiro do ano passado, com 123.446 mil novos postos.

O número é resultado de 1.989.181 contratações com carteira assinada, menos 1.728.358 demissões no período. Foi o melhor fevereiro desde 2011, quando foram criadas 280.799 postos.

 

O resultado veio acima do esperado pelo mercado e bem superior ao de janeiro, quando haviam sido criados 29.595 postos com carteira assinada, sem ajuste.

Pesquisa da Reuters feita com analistas de mercado mostrou que a mediana das expectativas era de abertura de 110 mil novas vagas, com as projeções variando entre 91 mil e 130 mil novos postos.

Ministério dala em ‘reação do mercado de trabalho’
Para o ministério, o resultado de fevereiro mostra uma “reação do mercado de trabalho”. “Com essa expansão, este é o sétimo mês consecutivo de desempenho  superior, quando comparado ao mesmo período do ano”, destacou o relatório.

A criação de vagas em fevereiro ficou bem acima do resultado de janeiro, quando foram gerados 29.595 empregos com carteira.

No acumulado dos últimos 12 meses, foram criados 1.157.709 postos de trabalho, segundo o Caged. De acordo com o ministério, de janeiro de 2011 a fevereiro de 2014 foram criadas 4.792.529 vagas de trabalho.

“Em 2014, o emprego não vai diminuir. Pelo contrário, vai garantir a irrigação da nossa economia por muito tempo ainda. Vivemos em pleno emprego. Agora, temos que qualificar esse emprego para ter competitividade e disputar a supremacia mundial”, disse o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, durante a apresentação dos dados em Florianópolis.

A meta do Ministério do Trabalho é alcançar, ao longo de 2014, entre 1,4 milhão e 1,5 milhão de novos empregos. No ano passado, foram criados 1,11 milhão de vagas, pior resultado em dez anos e 14,1% menor do que o registrado em 2012.

Setor de serviços tem criação recorde para o mês
Os dados do Caged mostram que a expansão do emprego em fevereiro foi generalizada, com “todos os setores” apresentando um melhor comportamento frente a fevereiro de 2012″, segundo o ministro.

O setor que mais cresceu foi o setor de serviços, com 143.345 empregos. A indústria de transformação foi o segundo, com 51.951 postos de trabalho. Em terceiro lugar ficou a Construção Civil com 25.055 postos.

Na sequência, aparecem Comércio (+ 19.330 postos, o maior saldo para fevereiro desde 2005), Administração Pública: (+12.804 postos) e Agricultura (+ 6.098, o que aponta para uma reação comparativamente a fevereiro de 2013, quando foram perdidos 9.775 postos).

Sul e Nordeste registram saldo recorde
Segundo os dados do Cages, a expansão do nível de emprego foi verificada nas cinco  grandes regiões do país, com Sul e Nordeste registrando saldos recordes.

No Sul, o saldo foi de 79.990 postos, resultado proveniente da expansão recorde do emprego nos 3 estados: Santa Catarina  (+27.891 postos ou +1,40%), Rio Grande do Sul : (+26.487 postos ou +1,00%) e Paraná (+25.612 postos ou +0,94%).

Santa Catarina só ficou atrás de São Paulo em número de vagas criadas. O estado de São Paulo liderou  a geração de emprego no país em fevereiro com um saldo de 77.928 empregos formais.

No Nordeste, a expansão foi de 17.565 postos, resultado do aumento do emprego em sete estados, com cinco delas registrando recordes: Bahia (+7.420 postos), Ceará ( + 7.231 postos), Paraíba ( + 1.385 postos), Piauí ( + 966 postos) e Rio Grande do Norte ( + 931 postos).

No Sudeste, o saldo foi de 130.628 postos. No Rio, a expansão foi de 25.820 postos e no Espírito Santo, de 4.166 vagas.

No Centro-Oeste, foram gerados 29.515 novos postos e no Norte, 3.125 empregos form

G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627