Boi de estimação é criado dentro de casa por morador de Castelo, no ES

Publicado em segunda-feira, novembro 12, 2012 ·

Cachorro, gato ou passarinho. Esses costumam ser os animais de estimação mais comuns mantidos nos lares brasileiros. Mas em Castelo, na região Central Sul do Espírito Santo, uma família decidiu inovar e manter um boi como o “xodó” da família. O animal, carinhosamente batizado de Jobi, pesa cerca de uma tonelada e está com a família de Rodrigo Garcia há doze anos.

Segundo Rodrigo, Jobi chegou para preencher um vazio causado pela perda de outro animal de estimação. “Eu ganhei o Jobi quando perdi um gato. Eu estava muito triste e meu pai falou que ia me dar o boi, para acabar com a minha tristeza”, contou.

O boi domesticado tem uma casa especial no quintal da família, mas também frequenta os cômodos da residência de Rodrigo. Segundo ele, o lugar preferido do animal é a sala, local onde vê televisão e recebe carinho do dono. “Ele dorme aqui direto. Toda vez que o trazemos para a sala, ele abaixa a cabeça e vira até o olho para dormir”, disse.

Ele é tão apegado ao animal, que não pensa em se separar do boi. “Se eu mudar daqui, tenho que levá-lo junto aonde eu for. Não posso deixá-lo aqui”.

O animal ainda tem regalias e momentos de lazer, quando nada no lago que a família tem na propriedade. Rodrigo brinca de “surfar” em cima do boi.

De acordo com o veterinário Everton Zanuncio, o tratamento que o animal recebe pode refletir na longevidade. “Ele está em plena forma e esse tratamento influencia na sua vida. Ele tem o privilégio de ser um animal de origem indiana. Temos relatos de produtores que têm animais de até 20, 25 anos em plena forma”, falou.

 G1

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627