Bispo auxiliar de Fortaleza deve ser indicado administrador diocesano de CG

Publicado em quinta-feira, dezembro 22, 2011 ·

Após a posse de Dom Jaime como arcebispo de Natal que ocorrerá no dia 26 de fevereiro do próximo ano, será nomeado um administrador diocesano que nada mais é que é um presbítero eleito através do Colégio de Consultores Diocesano oito dias após a diocese entrar em período de sede vacante.

sessao_consuper_fabianaveloso

Geralmente uma sede fica vacante quando o bispo titular pede renúncia, seja transferido ou por caso de morte do titular. Para tal eventualidade, o Código de Direito Canônico prevê que o Colégio de Consultores Diocesano se reúnam no prazo de oito dias a contar desde o dia em que a diocese entrou no período vacante a fim de eleger um Administrador Diocesano que dirija os trabalhos da diocese interinamente até que o papa nomeei um novo bispo.

Possibilidades

Após a nomeação de Vossa excelência reverendíssima Dom Jaime Vieira Rocha para ser o novo Arcebispo de Natal, os olhos se voltam para aquele que poderá ser o novo Bispo de Campina Grande, será que poderá haver  um padre que se torne Bispo? Bem, isso ainda não sabemos! Mas  As especulações giram em nome do atual Bispo auxiliar de Fortaleza Dom José Luis Ferreira Sales da Congregação do Santíssimo Redentor.



Dom José Luiz Ferreira Salles nasceu em 23 de janeiro de 1957, na cidade de Itirapina (SP). É filho de Luiz Ferreira Salles (falecido) e Abigail Aparecida Leme Soares Salles.

Em 1970 entrou para a Congregação do Santíssimo Redentor. Fez sua profissão religiosa em 31 de janeiro de 1982. Foi ordenado sacerdote no dia 14 de dezembro de 1985.

Estudos: o ensino fundamental fez no grupo escolar de Itirapina e o ensino médio no Seminário Redentorista Santa Teresinha em Tietê (SP). Cursou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (SP) e Teologia no Instituto Teológico São Paulo, em Ipiranga (SP).

Atividades exercidas: trabalhou nas Missões Populares, residindo em Tietê (SP), em 1986 e 1987 e residindo em Garanhuns (PE), de 1988 a 1996, onde foi coordenador da equipe missionária; de 1993 a 1995 foi conselheiro na vice-província do Recife (PE); de 1996 a 2004, foi eleito superior vice-provincial da vice-província Redentorista de Recife; de 2002 a 2004, foi administrador paroquial na paróquia de São Pedro, em Caraúbas, diocese de Campina Grande (PB); em 2005 foi nomeado reitor da Casa de Teologia Inter-Provincial dos Missionários Redendoristas em Fortaleza.









Fonte: PortalNE
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627