Benjamim discorda de Manoel Júnior quanto a escolha do candidato do PMDB

Publicado em domingo, julho 17, 2011 ·

benjamimSobrinho do ex-governador José Maranhão, o deputado federal Benjamin Maranhão tem no sangue a obrigação de defender o tio. É por isso que se posicionou totalmente contrário à tese do deputado federal Manoel Júnior de que o candidato a prefeito de João Pessoa pelo PMDB deve ser o que apresentar, segundo as pesquisas, maior aceitação, mas, e especialmente, menor rejeição.

Nas entrelinhas, a tese fortalece a indicação de Júnior e enfraquece a do ex-governador Maranhão, que apesar de ter maior potencial de votos tem uma rejeição infinitamente maior.

Para Benjami, a “armação” não cola. “Tem que mensurar isso melhor. Quem tem aceitação e é conhecido tem, claro, maior rejeição. Quem não tem aceitação e alguma e não conhecido não pode ser rejeitado”, respondeu na bucha o sobrinho do ex-governador durante programa de televisão, cujas declarações estão gravadas em vídeo pra quem duvidar.
Segundo ele, essa combinação de voto e rejeição é relativa. “Não podemos fazer essa avaliação simplista. Temos que ver ainda quem agregaria mais lideranças dentro do partido e fora num eventual segundo turno”, disse Benjami, dando uma resposta (indireta) ao deputado Manoel Júnior.
Ou seja, a família Maranhão parece não estar disposta a aceitar teses excludentes.
Para eles, somente o próprio Maranhão pode se excluir do processo. Mais ninguém.

Luís Tôrres

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627