Aumento da faixa etária para doação de sangue deve crescer em 30% as doações na rede Hemocentro da PB

Publicado em quinta-feira, novembro 14, 2013 ·

sandraA determinação do Ministério da Saúde em aumentar de 67 para 69 anos a idade para as pessoas doarem sangue deve proporcionar um acréscimo de cerca de 30% nas doações de sangue. Esta é a previsão da diretora geral do Hemocentro de João Pessoa, Sandra Sobreira. Em toda a rede formada pelos Hemocentros de João Pessoa e Campina Grande, além dos Hemonúcleos são 399.676 doadores de sangue.

Ela disse que espera que com essas mudanças essas pessoas com 69 anos além de se tornarem doadores possam também ser transformar em agentes multiplicadores junto ao seus parentes como forma de conscientizar a população sobre a importância do ato de doar sangue. “ Esperamos agora que essas pessoas compareçam para fazer a sua doação e assim garantir o nosso estoque”, disse a diretora.

Sandra Sobreira explicou que o Hemocentro sempre tem procurado realizar campanhas e outras atividades para atrair novos doadores de sangue. Um exemplo disso são as coletas externas que são realizadas mensalmente em empresas públicas e privadas como também as campanhas que acontecem em datas comemorativas a exemplo do Dia das Mães, Dia dos Pais, São João e Final de Ano.

A diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira explicou que o objetivo das coletas externas é reforçar o estoque e atender a demanda dos hospitais. Ela faz um apelo para que as pessoas compareçam aos locais aonde acontecerão às coletas externas e façam a sua doação, pois o Hemocentro precisa manter o seu estoque de sangue regular para atender a demanda. “Em datas comemorativas do ano sempre fazemos campanha para sensibilizar as pessoas sobre a importância do ato de doar sangue. É um gesto humano, solidário e que ajuda a salvar vidas”, destacou Sandra Sobreira.

A Rede Hemocentro da Paraíba é responsável por atender 40 hospitais, cobrindo 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde e mais os leitos de planos de saúde cadastrados. Para tanto é composta por uma rede de dez hemonúcleos distribuídos nos municípios de Guarabira, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha, além de um regional em Campina Grande.

Segundo estimativa do governo federal, o aumento do teto de idade irá ampliar em cerca de 2 milhões de pessoas o número de potenciais doadores no país. O Sistema Único de Saúde (SUS) conta com 32 hemocentros coordenadores e 368 regionais e núcleos de hemoterapia em todo o país.

Condições para ser doador de sangue

– Ter idade entre 16 e 69 anos (se for menor de 18 anos é necessário autorização do responsável legal)

– Pesar acima de 50 quilos.

– Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas

– Estar alimentado, dando intervalo de 2 horas após o almoço.

– Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação.

– Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade.

– Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia.

– Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

– Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação.

– Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

As pessoas interessadas em doar sangue e precisarem tirar qualquer dúvida como também marcar uma coleta externa podem ligar para o telefone (083)3218-7698.

Secom-PB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627