Atlético-MG sofre, mas se recupera em duelo direto com o Atlético-PR e pressiona líderes

Publicado em domingo, agosto 21, 2016 ·

© Vinnicius Silva/Raw Image/Gazeta Press
© Vinnicius Silva/Raw Image/Gazeta Press

Depois de perder por 3 a 0 para o Santos, o Atlético-MG se recuperou no Campeonato Brasileiro. Na manhã deste domingo, no Independência, a equipe mineira fez novo confronto direto, contra o xará paranaense, e levou a melhor com vitória por 1 a 0, com gol marcado por Robinho.

O resultado garante o Atlético-MG no G-4 e ainda pressiona os líderes da Série A, que ainda jogam nesta 21ª rodada. Os mineiros subiram para 38 pontos com a vitória, apenas um a menos que o Palmeiras, que encara a Ponte Preta às 16h, e dois acima do Santos, que enfrenta o Coritiba às 18h.

O primeiro e único gol do jogo foi marcado aos 39 minutos de partida. Carlos invadiu a área pela direita, colocou entre as pernas de Thiago Heleno, que o derrubou. O árbitro Braulio da Silva Machado marcou o pênalti, apesar da reclamação paranaense, e Robinho converteu, deslocando o goleiro Santos.

A arbitragem, por sinal, foi controversa. Antes do pênalti, o trio já havia errado ao anotar impedimento em lance que, com a jogada já parada, acabou em gol do Atlético-MG. Do outro lado, o Atlético-PR reclamou de duas supostas penalidades, em lances de bola na mão dentro da área mineira.

No intervalo, o técnico do Atlético-PR, Paulo Autuori, se mostrou bastante irritado com a atuação do trio de arbitragem e perdeu alguns minutos reclamando com Braulio no centro do gramado. Enquanto isso, era vaiado pela torcida alvinegra, que não tem boas recordações de sua passagem pela equipe.

Já na segunda etapa, se os visitantes tiveram alguma coisa para reclamar foram de sua ineficiência no ataque, com direito a boas chances perdidas logo nos dez minutos iniciais, com André Lima e Lucas Fernandes. Vale lembrar, que o Atlético-PR perdeu Walter, que retornou para o Goiás.

Na reta final do confronto, inclusive, os presente no Independência demonstraram certa insatisfação com o rendimento da equipe, pressionada pelos visitantes – Victor, por exemplo, precisou fazer ótima intervenção para evitar gol de cabeça de Thiago Heleno aos 37 minutos da segunda etapa.

Embora não tenha empolgado seu torcedor, o Atlético-MG comemora uma vitória importante mesmo desfalcado. Fred e Rafael Carioca estiveram suspensos, e Cazares, Marcos Rocha, Erazo, Luan e Júnior Urso estão no departamento médico – fora Douglas Santos e o reserva Uilson, na seleção olímpica.

Enquanto os mineiros sonham com a liderança, o Atlético-PR se distancia cada vez mais do G-4. Com três derrotas seguidas, após perder também para Flamengo e Palmeiras, o time estaciona nos 30 pontos e pode até perder o sétimo lugar, sendo ultrapassado por Ponte, Chapecoense ou Fluminense.

Pela 22ª rodada do Brasileiro, o Atlético-PR tenta se reabilitar na Arena da Baixada, contra o Botafogo, na próxima segunda-feira (29), enquanto o Atlético-MG enfrenta mais um concorrente direto pelas primeiras posições da tabela, contra o Grêmio, em Porto Alegre, domingo (28).

ESPN

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627