Atacante Jobson não joga mais pelo Bahia

Publicado em segunda-feira, agosto 22, 2011 ·

jobson_bahiaA aposta do Bahia não deu certo. Após problemas recorrentes de indisciplina, a diretoria do clube decidiu, em reunião na tarde desta segunda-feira, afastar o atacante Jobson. O jogador havia sido cortado da lista de relacionados para o jogo contra o Santos no último sábado, porque se atrasou para se apresentar à concentração.

O afastamento de Jobson, inclusive, teria sido pedido por alguns atletas do clube que já se incomodam com as atitudes do atacante. De acordo com o técnico René Simões, os problemas com o jogador eram recorrentes.

– A gente tem tomado medidas que achamos que fossem corrigir esse problema, mas não corrigiu. Agora estamos tomando essa medida para que o jogador reflita bem. Hoje chegou a um determinado nível que não dá mais para que ficar só com as medidas que a gente tomava. Me dói muito, porque eu tenho um carinho muito especial por ele. É um jogador que nós, desde o início, assumimos o risco e nós sabemos que era uma contratação de risco, como outras que nós fizemos – afirmou o treinador, no último sábado.

Desfecho anunciado pelo histórico

Os problemas de Jobson fora de campo já eram conhecidos pelo torcedor desde a época em que ele defendia o Botafogo. No clube carioca, constantes atrasos a treinamentos e comportamento considerado inadequado pela diretoria alvinegra levaram ao desligamento do atacante.

Depois de uma breve passagem pelo Atlético-MG no início deste ano, Jobson ainda tentou voltar ao Botafogo. No entanto, o clube condicionou o retorno à internação do jogador em uma clínica de reabilitação. Após dias de negociação e polêmica, o Alvinegro carioca vetou a reincorporação de Jobson ao elenco:

– O Botafogo fez um investimento no jogador, mas determinados momentos ele teve uma conduta que contraria a de um atleta profissional. Para que haja uma decisão, além das exigências feitas pelo presidente, o departamento de futebol mostrou que o Jobson precisa seguir um caminho. E no Botafogo ele não tem mais o direito de errar – afirmou o gerente de futebol do clube, Anderson Barros, em 28 de abril deste ano.

Cientes do histórico do jogador, mas confiando numa recuperação e na qualidade de seu futebol, os dirigentes do Bahia fizeram a aposta e contrataram o atacante como reforço para Série A. O técnico René Simões chegou a dizer na ocasião que ter Jobson no elenco valia o risco.

O atacante chegou a Salvador dizendo que esperava arrebentar e conseguiu. Vestindo a camisa tricolor, o jogador logo conquistou a torcida do Bahia. Com seis gols, Jobson é o artilheiro do time no Brasileirão.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627