Às vésperas do Mundial de Clubes da Fifa, Di Matteo é demitido do Chelsea

Publicado em quarta-feira, novembro 21, 2012 ·

O técnico do Chelsea, o italiano Roberto Di Matteo, foi demitido nesta quarta-feira, depois de o atual campeão europeu ficar perto da eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões. Na terça, os Blues, possíveis rivais do Corinthians no Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado em dezembro, foram derrotados por 3 a 0 pelo Juventus, em Turim, no Grupo E.

Em um comunicado, o Chelsea afirma que “as recentes atuações e resultados da equipe não foram bons o suficiente”.

Risco de ser o 1º campeão da Champions eliminado na fase de grupos

Há três partidas sem vencer, os Blues têm sete pontos e não dependem mais de si na Liga dos Campeões. Para avançarem, será necessário vencer o lanterna dinamarquês, também dia 5, no Stamford Bridge, e torcer desesperadamente por um triunfo do Shakhtar. Vale ressaltar, porém, que um empate na Donbass Arena garante tanto a classificação do Juventus quanto a liderança dos ucranianos. Se não se classificar, o Chelsea será o primeiro campeão europeu eliminado na fase de grupos após conquistar o título.

A pouco mais de três semanas para a estreia no Mundial de Clubes, diante de Monterrey, do México, ou Ulsan, da Coreia do Sul, os ingleses vivem um momento de crise e têm o técnico Roberto Di Matteo bastante pressionado. Chelsea e Corinthians só podem se encontrar na final do torneio da Fifa, dia 16 de dezembro, em Yokohama. No próximo domingo, o Chelsea tem mais uma pedreira pela frente: o Manchester City, em Londres, pelo Campeonato Inglês.

Roberto Di Matteo assumiu o comando do Chelsea depois da demissão do português André Villas-Boas em março. Com o italiano no comando, os Blues derrotaram o Bayern de Munique nos pênaltis na final da Liga dos Campeões em maio e levantaram a taça que valeu qualificação para a disputa do Mundial. A estreia do time londrino será no dia 13 de dezembro.

Di Matteo permaneceu 262 dias no comando do Chelsea, superando Villas-Boas (256),  Avram Grant (247) e Luiz Felipe Scolari (223), últimos treinadores da equipe inglesa.

Globoesporte.com

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627