Armaram esquema para se vingar de assassinato: Polícia apresenta acusados de atirar em crianças em JP

Publicado em terça-feira, setembro 24, 2013 ·

criancas-feridas-a-balaAs três crianças que foram baleadas enquanto brincavam numa praça no início da noite do domingo (22) estavam no local errado e na hora errada. Dois acusados do crime, dois foram apresentados pela polícia na manhã desta terça (24) e confessaram que buscavam vingança por um homicídio que aconteceu no dia 12 de agosto.

Duas pessoas foram apresentadas na Central de Polícia no Varadouro, uma mulher identificada como Marcela e um homem conhecido como Marconinho acusados de serem os mentores da ‘emboscada’ que acabou com três crianças feridas na Capital.

De acordo com o delegado Wagner Dorta, Marcela é nora de um traficante conhecido como Mago Lila que mora no bairro de Renascer em Cabedelo. O marido dela, filho do traficante, atualmente cumpre pena. No dia 12 de agosto aconteceu um homicídio na Capital e ela teria articulado com o comparsa uma vingança.

 

O objetivo da mulher era matar dois homens, um menor de idade e outro conhecido como Bilau, que seriam de uma facção rival à deles. Juntamente com mais quatro comparsas, foi montado um esquema para assassinar os dois homens.

 

Os bandidos chegaram na praça num Corsa preto e começaram a atirar contra os homens que lá estavam, mas não conseguiram acertar nenhum deles, em vez disso, os tiros feriram três crianças de 12, 10 e nove anos.

Os quatro integrantes do veículo já foram identificados pela polícia que pediu a prisão preventiva e foi feito um grande cerco no bairro do Renascer nesta segunda (23) para tentar prendê-los e conseguiu com a ajuda da população.

As crianças de 10 e 9 anos continuam internadas no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa em estado regular. A de 12 está em estado gravíssimo.

Marília Domingues / Washington Luis

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627