Areia: Museu ‘Casa Pedro Américo’ será reaberto; programação marca o aniversário do artista

Publicado em quarta-feira, Abril 27, 2011 ·


Após 106 anos da morte do pintor paraibano Pedro Américo será reaberto no município de Areia, localizado no Brejo paraibano, o ‘Museu Casa Pedro Américo’. Na residência onde nasceu o artista estão réplicas de suas obras além de objetos que pertenceram ao mais ilustre pintor e poeta do Estado. A ação marca as atividades comemorativas ao aniversário do artista, comemorado no dia 29 de abril, que teve início com a exposição temporária ‘Pedro Américo de Areia’. Logo após a reinauguração será realizado um ‘Sarau Artístico’ no Solar José Rufino com lançamento do livro ‘O Festival de Artes – Areia/PB’, da série Preservação e Desenvolvimento da Monumenta. O evento conta com apoio do Sebrae Paraíba. Inaugurado em 1943 para preservar viva a memória do mais ilustre filho de Areia, o Museu Casa Pedro Américo faz parte do Patrimônio Histórico Cultural do município. Durante pouco mais de seis meses em que permaneceu fechado, a Associação dos Amigos de Areia (AMAR), com apoio do BNDES, revitalizou toda a estrutura do telhado e adequou-se para receber a única obra original em óleo sobre tela de Pedro Américo que o Museu possui, “O Cristo Morto”. A obra será reintegrada ao acervo do Museu na cerimônia de abertura, após sua restauração por técnicos do MNBA. Também serão expostos desenhos originais inéditos do artista que estiveram guardados durante todos esses anos. Para Lúcia Germana, coordenadora do ponto de cultura Viva o Museu, trata-se de um importante momento para o desenvolvimento do turismo cultural, que tem sido o ponto forte do município de Areia. “O projeto já revitalizou o Museu do Brejo Paraibano, também conhecido como Museu da Rapadura, e nesta etapa recupera o Museu Casa de Pedro Américo e brevemente o Museu Regional de Areia irá receber as melhorias necessárias. Além desse trabalho físico nos museus da cidade, investimos na capacitação dos monitores e guias turísticos, com o objetivo de fortalecer toda a cadeia do turismo cultural”, revelou Lúcia. História preservada Mais do que estimular o turismo cultural, a revitalização dos museus refletem na preservação do patrimônio histórico e cultural da Paraíba, que há muito se encontrava desgastado pela ação do tempo e vulnerável à depredação. As melhorias se refletem também na identificação das peças, sinalização dos ambientes e recuperação do acervo, facilitando o trabalho dos monitores, condutores e guias turísticos. Segundo Tavares de Areia, guia de turismo responsável pelo turismo pedagógico que leva todos os anos estudantes de diversas cidades da Paraíba e Estados vizinhos para conhecer o patrimônio histórico-cultural de Areia a restauração dos museus está dando mais visibilidade à cidade. “Refletimos cultura por meio de nossos personagens ilustres. Realizamos um trabalho de divulgação potencializado nos períodos festivos da região, para que os turistas aproveitem melhor sua estada conhecendo esse patrimônio”, explica. Comemorações A programação de comemoração inclui ainda duas oficinas, nesta quarta e quinta-feira, dias 27 e 28, com os temas: ‘Restauração de Papel’ e ‘Registro do Acervo com Uso do Programa Donato/Simba’ ambas ministradas por técnicos do Museu Nacional de Belas Artes – MNBA. Também no dia 28 a câmara de vereadores irá realizar uma sessão solene em homenagem ao artista. Já na sexta-feira, dia 29, às 8h30, no Campus da Universidade Federal da Paraíba haverá uma rodada de conversas com a presença de Mônica Xexeu, diretora do MNBA, que irá palestrar sobre ‘Parceria e Cooperação Técnica’, e de Pedro Martins Caldas crítico de arte e e pesquisador do MNBA com o tema ‘Vida e Obra de Pedro Américo’. Às 13h30 terá início o Desafio de Pedro – Ano II, no centro social Pio XII, os participantes seguirão em cortejo com a orquestra Abdom Milanez até o museu.

Programação completa

12 a 29 de abril – Exposição “Pedro Américo de Areia” – Espaço da arte Horácio de Almeida

28 de abril – 19h30 – Sessão especial na câmara dos vereadores

29 de abril –  8h30 – Roda de conversa – auditório do CCA/UFPB – Tema: Parceria e cooperação técnica – palestrante: Mônica Xexéu – Diretora do museu de Belas Artes / tema: Vida e obra de Pedro Américo – palestrante: Pedro Martins Caldas Xexéu – crítico de arte, pesquisador MNBA/IBRAM/Minc;

13h30 – Desafio de Pedro – ano II – Centro Social Pio XII;

17h – Cortejo a Pedro – percuso: Centro Social Pio XII até o Museu Casa de Pedro Américo. Participação: Filarmônica Abdon Milanêz;

17h30 – Reabertura do Museu Casa de Pedro Américo – Museu Casa de Pedro Américo – Areia PB

20h30 – Sarau Artístico – Solar José Rufino – Seresta com lançamento do livro ” O Festival de Artes – Areia/PB” da série Preservação e Desenvolvimento da MONUMENTA.

Oficinas – 27 e 28 de abril
Oficina 1: Restauração de papel – Ministrante: Nancy de Castro Nunes – técnica do MNBA/IBRAM/Minc;
Oficina 2: Registro do acervo – Uso do Donato/Simba – Ministrante: Walter Gilson Gemente – técnico do MNBA/IBRAM/Minc.

Talitha Barbosa para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627