pronunciamento

Arcebispo da PB diz que Tribunal Eclesiástico investiga padres denunciados por abuso sexual

Publicado em sexta-feira, Fevereiro 1, 2019 ·

O arcebispo da Paraíba, Dom Frei Manoel Delson, fez um pronunciamento nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (1º) declarando que um procedimento canônico foi iniciado para avaliar a suspensão de ordem dos padres que foram investigados pelo Ministério Público Estadual por casos de abuso sexual contra menores de idade, arquivado pelo Conselho Superior do MPPB. Sobre a condenação da Arquidiocese na Justiça do Trabalho por exploração sexual, Dom Delson não deu nenhuma declaração.

A Justiça do Trabalho condenou a Arquidiocese da Paraíba a pagar uma indenização de R$ 12 milhões por casos de exploração sexual contra menores de idade. O crime foi praticado por quatro padres e até o arcebispo emérito do estado, Dom Aldo Pagotto, estão envolvidos no escândalo. Sobre essa condenação, Dom Delson não deu nenhuma declaração.

Em reportagem veiculada pelo Fantástico, algumas vítimas, autoridades e outros envolvidos no caso revelaram como os abusos aconteciam.

Dom Delson explicou em vídeo publicado no Facebook que a reportagem “trouxe de novo à tona uma questão difícil para a Arquidiocese. Toda a igreja se vê envolvida nessa onda de denúncias e sente profundamente que padres estejam sendo denunciados nos meios de comunicação, atingindo o que nós temos de mais sagrado, a nossa fé”, declarou.
G1

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627