Arcebispo da Paraíba diz que padres não devem se envolver na política partidária, nem ser cabo eleitoral

Publicado em terça-feira, Fevereiro 21, 2012 ·

domaldoO arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, disse que a orientação da Igreja Católica é para que os padres não se envolvam na política partidária e aqueles desejarem se candidatar ou que ocupam cargos eletivos tem que se afastar a função ministerial.

Ele advertiu que um padre em sua paróquia não pode se comportar como um “cabo eleitoral”, ou usar o sermão da política para difundir idéias e pensamentos políticos, observando que na Paraíba todos os padres que estão exercendo cargos políticos estão afastados de sua missão sacerdotal, podendo apenas “rezar uma missa aos domingos, mas sem sair de uma paróquia para outra fazendo pregação”.

O arcebispo revelou que vai reeditar uma cartilha que a igreja sempre distribuiu com seus fieis em ano eleitoral, repassando informações sobre como as pessoas devem avaliar os candidatos em quem vão votar.

Ele contou que a cartilha vai ser atualizada, mas que a orientação sempre será a mesma, pautada pela ética e voltada a formação de uma consciência política nas pessoas. Usando uma citação bíblica “honrar pai e mãe”, dom Aldo disse que isso também pode ser interpretado como o “sentimento patriótico de amor a pátria e ao povo”.

Jonas Batista

Paraíba.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627