Árbitro relata faixa com “árbitro do Fla” na súmula, e Coxa pode receber multa

Publicado em quinta-feira, setembro 11, 2014 ·

(Foto: reprodução/SporTV
(Foto: reprodução/SporTV

Árbitro de Coritiba x Chapecoense, Devarly Lira do Rosário (SE) relatou na súmula o atraso no início da partida de quarta-feira devido à faixa exibida pela torcida alviverde. Ela tinha a imagem do também árbitro Wagner Reway com uma camisa que fazia referência ao Flamengo, o símbolo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a mensagem “pênalti para nós”. Com a informação na súmula da partida, o Coxa pode levar uma multa de até R$ 100 mil se for denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Reway apitou a derrota do Verdão para o Fla, semana passada, pela Copa do Brasil, e assinalou um pênalti duvidoso e outro inexistente. Com os 3 a 0 para o time carioca no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis, e o Coritiba acabou derrotado e, consequentemente, eliminado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Houve atraso de 02 (dois) minutos para o inicio da partida tendo em vista a retirada de um banner por parte do policiamento identificado pelo àrbitro, medindo aproximadamente 4×4 metros, com foto do árbitro Wagner Reway (pertencente ao quadro de arbitro da CBF) vestindo uma camisa nas cores rubro negras, com logo da CBF, com os seguintes dizeres: ” penalty para nós!”. Após a partida foi entregue para o árbitro Devarly Lira do Rosário, pelo advogado da equipe Coritiba, sr. Guilherme Heller de Pauli , boletim de corrência unificado, número: 2014/868172 e o banner acima descrito. informo que foi repassado o banner e o boletim de ocorrência para o delegado da partida, sr. Roberto Pencai, para as devidas providências”, escreveu o árbitro na súmula da partida.

O Coritiba pode ser enquadrado no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (STJD) por “deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento: de deliberação, resolução, determinação, exigência, requisição ou qualquer ato normativo ou administrativo do CNE ou de entidade de administração do desporto a que estiver filiado ou vinculado; de regulamento, geral ou especial, de competição”. A pena varia de R$ 100 a 100 mil.

 

Por 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627