em sessão remota

Aprovado projeto de Tião Gomes que denomina de Monsenhor Ruy Barreira Vieira a escola de Gastronomia no Hotel Bruxaxá, em Areia

Publicado em quinta-feira, Março 4, 2021 ·

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, na sessão remota desta terça-feira (02), projeto de Lei, de autoria do deputado Tião Gomes, que denomina de Monsenhor Ruy Barreira Vieira a escola de Gastronomia no Hotel Bruxaxá, em Areia

Tião Gomes afirma que é uma das homenagens mais justas que o Estado da Paraíba poderá render ao Monsenhor Ruy Barreira Vieira, um benfeitor do município de Areia que o abraçou como se fosse sua terra natal e construiu uma grande base para educação e cultura dos jovens areienses, ao longo dos quase 50 anos que permaneceu a frente da paróquia da cidade.

“Padre Ruy foi um grande homem, benfeitor do nosso município que dedicou sua vida ao povo areiense. Cearense de nascimento, mas paraibano de coração, Padre Ruy atuou em diversos campos, destacando-se com as suas obras na esfera eclesiástica, educacional, social e cultural. Nada mais justo que homenagear ele e suas ações, colocando seu nome na escola de gastronomia que funcionará no Hotel Bruxaxá. Após aprovação na Assembleia, o projeto segue agora para sanção do governador”, disse Tião Gomes.

Padre Ruy faleceu no dia 08 de abril de 2008, aos 87 anos, em João Pessoa, sendo sepultado na Igreja Matriz de Areia, como era seu desejo e da comunidade católica areiense.

Monsenhor Ruy Barreira Vieira

Nascido a 24 de julho de 1921, em Jaguaribe, Estado do Ceará, era filho de Hilário Vieira de Sousa e de Carlota Barreira, a família da criança Ruy Barreira Vieira mudou-se para a Paraíba ainda naquele ano do seu natalício, indo residir em Itaporanga, cidade que ele iniciou o curso primário o concluiu em Patos.

Segundo pesquisa biográfica de Francisco Tancredo Torres, o ilustre homenageado ingressou no Seminário Arquidiocesano em João Pessoa, em 08 de fevereiro de 1934, onde fez o ginasial e os cursos de Filosofia e Teologia, concluindo em 1944 e atingindo o sacerdócio.

Ano seguinte iniciou a docência naquele Seminário e foi Vigário Coadjutor da Catedral.

Para a felicidade da comunidade católica de Areia, o Padre Ruy Barreira Vieira assumiu a Paróquia daquele município em 09 de outubro de 1949, permanecendo nesse ofício até 1998.

Nesse período de 49 anos em que o Padre Ruy Barreira Vieira esteve a frente da Paróquia de Areia conseguiu construir e inaugurar as Escolas Reunidas Paroquial Padre Ibiapina, o Grupo Escolar Carlota Barreira, o Albergue Pedro Simeão Leal e o Artesanato Dom Adauto, a Creche Professora Carminha Sousa, o Centro Social Pio XII (onde instalaria o Museu Regional, a Biblioteca Min. Jose Américo de Almeida e o auditório), e vários Centros Sociais e Capelas na Cidade, nos distritos e zona rural. Também fundou o Jornal O Areiense em 1979.

Além dessas obras que beneficiou o município de Areia, o Padre Ruy Barreira Vieira foi professor do Colégio Santa Rita, do Ginásio Coelho Lisboa, depois Colégio Estadual Ministro José Américo de Almeida, e da Escola de Agronomia do Nordeste, hoje Campus II da Universidade Federal da Paraíba.

Recebeu em vida várias homenagens como o título de Cidadão Areiense, concebido pela Câmara Municipal, título de Cidadão Paraibano, entregue pela Assembleia Legislativa da Paraíba, título eclesiástico de Monsenhor conferido pelo Papa Paulo VI, além da imortalidade ao se tornar membro da Academia de Letras de Campina Grande.

 

portaldolitoralpb

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627