Após divulgação de gravação, deputado reclama de sumiço do presidente e questiona ética no PMDB

Publicado em sábado, agosto 13, 2011 ·

gervasio_maia_3.jpg.546x341_q85_cropDepois da divulgação da gravação na reunião do PMDB que revelou o desentendimento entre o deputado estadual Gervásio Maia e o ex-governador José Maranhão, o parlamentar peemedebista chegou a questionar a ética de colegas dentro do partido. Na ocasião, o deputado também reclamou do “sumiço” do presidente da legenda, Antônio Souza.

“Desde sábado o presidente Antônio de Souza não atende meus telefonemas. Liguei para saber sobre essa história da ‘escuta’ dentro da reunião. A partir de agora eu não posso confiar na ética de todos dentro do partido. Hoje, eu trabalho com duas hipóteses: uma, que o próprio Antônio de Souza passou para Márcio Roberto a gravação e a outra que o próprio Márcio Roberto gravou sozinho”, disse Gervásio Filho.

Uma gravação feita durante uma reunião do PMDB provou que os ânimos do ex-governador José Maranhão e do deputado estadual Gervázio Filho estavam exaltados. O bate boca entre os peemedebistas começou no momento em que se discutia a situação do deputado Márcio Roberto em São Bento. Maranhão chegou a dizer que Gervázio não colocasse palavras na boca dele e o deputado respondeu a altura.

Maranhão: Você não coloque palavras na minha boca. Eu não estou dizendo que Márcio Roberto está atrelado ao Palácio da Redenção. Quem está dizendo é você.

Gervásio: Eu não estou dizendo não. Todo mundo sabe isso.

Maranhão: Eu não sei de nada.

PolíticaPB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627