Após assaltos a banco, prefeito fecha avenida com correntes e cadeados

Publicado em terça-feira, outubro 30, 2012 ·

Foto: Artur Lira

Após dois assaltos à agência do Banco do Brasil no município paraibano de Serra Branca (localizado no Cariri, a 230 km de João Pessoa), a Prefeitura local decidiu por uma atitude extrema: fechar a principal avenida da cidade com cadeados e correntes.

A restrição ao acesso de veículos nessa avenida ocorre durante o horário de funcionamento bancário, que é das 8h00 às 13h00 e funciona desde a segunda-feira (29).

De acordo com um policial do destacamento militar da cidade, o fechamento da avenida deputado Álvaro Gaudêncio ocorreu após um acordo entre a direção da agência e o prefeito Eduard Torreão Mota para coibir os assaltos que estavam ficando frequentes.

“A avenida fica fechada com cadeado durante o horário de funcionamento do banco. Duas viaturas ficam fazendo a segurança na área”, comentou um policial militar que não quis se identificar.

Ação da prefeitura tem divido opiniões na cidade. Segundo a Polícia Militar, o trânsito teve que ser desviado o que gerou criticas da população. Um site de notícias da cidade fez uma enquete sobre a decisão da prefeitura. Apenas 3,53% concordaram com a instalação das correntes e cadeados. Outros 94,53% reprovaram a decisão.

A prefeitura ainda estuda a implantação de um sistema de câmeras na avenida principal para garantir mais segurança. O Banco do Brasil está funcionando parcialmente. Apenas aposentados estão tendo acesso aos serviços bancários.

O último assalto na agência foi registrado no dia 1º de outubro deste ano, onde dez homens fortemente armados chegaram em dois carros. Os assaltantes anunciaram o assalto e logo a avenida principal foi tomada pelos bandidos, causando pânico nos moradores. Testemunhas disseram que os homens chegaram atirando.

A quadrilha assaltou simultaneamente a agência do Banco do Brasil e a agência dos Correios e Telégrafos. Os dois cofres foram levados pelos bandidos. De acordo com a polícia, dos dois estabelecimentos, os criminosos roubaram cerca de R$ 1 milhão. Ninguém até o momento foi preso.

Hyldo Pereira

PortalCorreio

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627