Após anunciar entrevista coletiva, Sérgio da Sac volta atrás e não se pronuncia sobre cassação

Publicado em quinta-feira, julho 7, 2011 ·

sergio da sacApós anunciar que daria uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (06), o vereador cassado Sérgio da Sac (PRP) voltou atrás e desistiu de se pronunciar. Desde o início da semana o perrepista informou à imprensa que falaria sobre sua cassação após o julgamento da liminar impetrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) para que ele permanecesse na Câmara Municipal de João Pessoa, fato que ocorreu no final desta tarde.

O juiz João Bosco indeferiu o pedido de liminar apresentado pelo vereador Sérgio da SAC. Com isso, o vereador Dinho vai continuar com mandato na Casa Napoleão Laureano. O advogado de Sérgio da Sac, Edward Johnson, afirmou que vai recorrer da decisão para que a liminar seja julgada em plenário.

Depois da decisão do juiz, Sérgio da Sac informou que daria uma entrevista coletiva na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API), no Centro da Capital. Mas, o vereador cassado acabou não comparecendo ao local.

A assessoria de imprensa de Sérgio da Sac informou que ele decidiu se pronunciar apenas depois que os agravos regimentais que devems ser impetrados no TRE sejam julgados.

O juiz da 64ª zona eleitoral, Fabiano Moura de Moura, cassou o mandato do vereador de João Pessoa, Sérgio da SAC (PRP) no último dia 29. A setença determinou a cassação e a posse imediata do suplente, Dinho (PRP). A ação contra Sérgio da SAC foi movida pelo Ministério Público Eleitoral. Sérgio da SAC é acusado de captação ilícita de sufrágio, por meio da distribuição de materiais esportivos em um campo de futebol, durante torneio esportivo realizado no Valentina de Figueiredo durante.

PolíticaPB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627