Apesar da crise em estados do nordeste, produção de cana-de-açúcar está normalizada na Paraíba

Publicado em segunda-feira, março 6, 2017 ·

cana-de-acucarNesta segunda-feira (06), a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) anunciou que estado deve sofrer uma perda de 50% na produção de cana-de-açúcar por causa da estiagem prolongada que já atinge 54 municípios.

O setor já vem sofrendo ao longo dos anos com as perdas, a crise, e com a seca a situação ficou ainda pior”, afirmou o prefeito de Messias, Jarbas Omena (PSDB).

Além de Alagoas, o tempo seco também tem provocado perdas consideráveis na produção da planta na região litorânea de Sergipe e na produção de grãos no interior dos dois estados.

Apesar do momento ruim nos estados nordestinos, o Diretor Tesoureiro da Associação dos Plantadores de Cana (Asplan), Oscar de Gouvea Cunha Barreto Neto, informou que, apesar de ainda não existir nenhum prognóstico emitido, a produtividade na Paraíba vem mantendo o nível esperado para o período.

“Choveu um pouco no litoral paraibano e isso já propicia uma recuperação, mas não tem como depender apenas disso. Só tem uma forma, que é criando melhorias na irrigação”, disse Oscar.

A safra 2015/2016 contabilizou um resultado final de 5.068.684 toneladas, somando a matéria-prima de fornecedores ligados à Asplan, com a cana dos acionistas de indústrias sucroalcooleiras locais. Esse quantitativo foi inferior ao da safra passada, que atingiu 6.723.322 toneladas.

Yves Feitosa /Paraíba.com

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627